Home Emagrecimento Emagrecer? Perder Peso Dietas Receita Dieta
------------------------

Remedio para emagrecer.

Jovem morre em Goiás após usar remédio para emagrecer, diz família
Ela teria tomado medicamentos à base de sibutramina e de fluoxetina.
Secretaria de Saúde aguarda laudo para confirmar causa da morte.
A dona de casa Juliana Paula Silva, de 26 anos, morreu na quinta-feira (27), na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Aparecida de Goiânia, na Região Metropolitana. Familiares afirmam que a jovem teve complicações após começar a usar remédios para emagrecer, no início deste mês. De acordo com Secretaria Municipal de Saúde, a principal suspeita é que ela tenha se intoxicada com medicamentos compostos pelo antidepressivo fluoxetina e por sibutramina, inibidor de apetite que teve o uso restrito, segundo determinação da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), de outubro deste ano.
"Ela chegou na unidade com uma reação alérgica muito forte. Logo, o médico descobriu que ela estava fazendo uso dos medicamentos para inibir o apetite e, então, ele entrou em contato com Centro de Informação de Toxicologia (CIT) para comunicar o caso. Fizemos todos os procedimentos possíveis para desintoxicá-la, mas ela não resistiu", explica o coordenador de Rede Ambulatorial da Secretaria Municipal de Saúde, Marcelo Musa Abed.
Segundo ele, antes de morrer, Juliana chegou a ser atendida em outros hospitais. "Ele teve outras crises alérgicas, mas recebia atendimento médico e era liberada quando o quadro melhorava", revela Musa.
Padrasto do marido da jovem, Renato de Melo Borges confirma a versão da Secretaria Municipal de Saúde. "Desde o último dia 21 deste mês, ela começou passar mal. Ficava com falta de ar, pressão alta e os batimentos cardíacos acelerados. Levamos ela a um hospital particular. Eles a medicaram com polaramine [antialérgico] e fomos embora. No outro dia, ela passou mal e a levamos no Cais Nova Era, onde o procedimento foi o mesmo. Já quarta-feira (26) ela foi atendida na UPA e depois foi para casa. Somente ontem [quinta-feira], os médicos descobriram que ela estava intoxicada, mas já era tarde
------------------------

Tire suas dúvidas sobre o Qsymia, novo remédio para emagrecer.

Tire suas dúvidas sobre o Qsymia, novo remédio para emagrecer
Fórmula controla o apetite e reduz a compulsão alimentar
Ele ainda não chegou ao Brasil, mas promete agradar os profissionais que lidam diariamente com doenças crônicas, como hipertensão e diabetes. Combinação de duas drogas, a fentarmina e o topiramato, o Qsymia foi aprovado este ano pela Food and Drug Administration (FDA), órgão americano regulador de remédios e alimentos.

Qsymia foi aprovado pela Food and Drug Administration (FDA)
A eficácia do Qsymia foi comprovada após um estudo feito com cerca de 3.700 pessoas diagnosticadas com obesidade. Os participantes foram divididos em dois grupos, um que recebeu a dose mais alta da medicação e outro que recebeu placebo. Após 12 meses de acompanhamento, os que haviam ingerido Qsymia apresentaram perda de peso entre 6,7 e 8,9% maior do que os que tomaram placebo. A expectativa é grande. Saiba o que os especialistas dizem sobre este novo medicamento.

1. Como a fentermina e o topiramato agem isoladamente?

Segundo a endocrinologista Rosana Radominski, da Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia (SBEM), a fentarmina é um anorexígeno, ou seja, induz à anorexia por levar a falta de apetite. "Seus principais efeitos colaterais são irritabilidade, boca seca, insônia e taquicardia", afirma. Seu uso foi proibido no ano passado pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA) sob o argumento de que trazia mais riscos à saúde do que benefícios.

O topiramato, por sua vez, tem mais efeitos. "Ele age diretamente na compulsão alimentar, reduzindo a vontade de comer doces, especialmente", afirma a endocrinologista Maria Edna de Melo, da Associação Brasileira para o Estudo da Obesidade e da Síndrome Metabólica (ABESO). Isoladamente, o medicamento é amplamente utilizado no combate a enxaqueca e convulsões, mas pode causar perda de memória, dificuldade de raciocínio e formigamento, principalmente nas mãos e pés. Seu uso é contraindicado durante a gravidez por favorecer malformações fetais.
Quais as vantagens da combinação das duas drogas?

"A combinação de ambos os medicamentos deu origem ao Qsymia, um dos remédios emagrecedores mais promissores atualmente", explica a endocrinologista Maria Edna.

Ele se mostrou mais eficiente, por exemplo, que outro medicamento emagrecedor aprovado pelo FDA na mesma semana: o Belviq. Para provar a eficácia deste, foram realizados três estudos com quase oito mil pessoas com obesidade ou sobrepeso. A perda de peso dos voluntários em comparação com o placebo foi entre 3 e 3,7% maior. O número é bastante significativo, mas bem abaixo da porcentagem alcançada com o uso do Qsymia, que foi entre 6,7 e 8,9%.

3. Para quem o Qsymia é indicado?

O Qsymia é indicado para pessoas com IMC (Descubra seu peso ideal) (índice de massa corpórea) acima de 30 ou pessoas com sobrepeso associado a doenças crônicas, como o diabetes, o colesterol alto e a hipertensão. "O medicamento não deve ser usado por grávidas em qualquer momento da gestação por aumentar o risco de problemas congênitos, como lábio leporino", afirma a endocrinologista Rosana.

4. Como ele age no organismo do paciente?

"Assim como a maioria dos medicamentos contra a obesidade, o Qsymia não age diretamente na doença, mas na inibição do apetite", explica a endocrinologista Rosana. Assim, a droga atua no sistema nervoso central do paciente, diminuindo a fome.

5. O Qsymia tem efeitos colaterais?

De acordo com a endocrinologista Maria Edna, os efeitos colaterais das drogas fentermina e topiramato podem aparecer durante o tratamento com o Qsymia. Mas qualquer sintoma adverso deve ser informado ao médico que cuida do caso.
-------------------------

O REMÉDIO PARA EMAGRECER ESTÁ DENTRO DE NÓS.

 

O REMÉDIO PARA EMAGRECER ESTÁ DENTRO DE NÓS

Você é uma daquelas pessoas que está sempre procurando o remédio perfeito para perder peso. Você quer perder peso. Você quer eliminar a gordura em excesso na barriga, nos quadris, nas nádegas, nas coxas e braços. Você quer ter uma boa aparência e sentir-se bem. Quem não quer, certo? Mas há realmente algum remédio mágico para perder peso? Existe realmente um plano infalível para você perder peso e estar em forma? Veja este artigo sobre perda de peso

Será verdadeiro que é possível perder peso e manter a gordura longe!

Há uma fórmula, um remédio perfeito para emagrecer e você pode consegui-lo agora. Este remédio envolve três coisas: dieta, exercício e suplementos. Esses fatores serão discutidos em detalhe de modo a que você possa entender como perder peso e mantê-lo para o seu bem-estar.

Fator número um: dieta

As pessoas estão acostumadas a comer três refeições por dia. Isto não é adequado para que se consiga perder peso. Atingir o peso e o corpo ideal significa que você tem que comer os alimentos certos, na quantidade certa e na hora certa. São três características importantes! O remédio para emagrecer está no comer corretamente, o que vai ter um efeito muito grande nos seus objetivos de perda de peso.

A partir de agora, você tem que comer 6 vezes por dia, mas em pequenas porções. Existe um limite mínimo e máximo para todos. Você pode comer até ao máximo, mas nunca deve ir além ou abaixo do mínimo. Aqui está a lista do que pode comer em cada grupo de alimentos.

Os cereais integrais (pães, arroz, massas e derivados) 5 a 11 porções por dia. Uma dose é igual a metade de um copo de arroz integral ou um pão de trigo integral do tamanho de um CD. Uma obrigação importante para a sua dieta.

Carne magra (sem a pele ou gordura). Diga não à carne de porco. Coma 2 a 3 porções por dia, uma porção do tamanho da caixa de fósforos.

Frutas e Vegetais, 5-6 porções por dia. Sirva-se em proporções favoráveis do tamanho de uma bola de beisebol.

Óleo/ Açúcar / sal – o mínimo possível

Fator número 2 – Exercício

Uma vez que você é apenas um novato no programa, o melhor é fazer pelo menos 15 minutos de cardio por dia (com uma pausa a cada 2 dias), e pelo menos 2 a 3 exercícios de treinamento de força nos seus abdominais, ombros, peito, costas, pernas e braços. Para obter o melhor resultado visite um centro de fitness.

Fator número 3 – Suplementos

Max Burn é o melhor remédio para emagrecer que você pode tomar para perder o excesso de peso. É um produto incrível e é seguro especialmente para pessoas que querem ver-se livres de gordura corporal. Tome-o de acordo com as recomendações de dosagem e você ficará surpreso em relação à rapidez com que consegue perder esse peso em excesso. Este é um passo muito importante na procura de um remédio para emagrecer. De momento temos algumas amostras grátis disponíveis por isso não deixe de dar uma olhadela antes que eles estes se esgotem.

Então, agora que você sabe que os três fatores que influência a perda de peso, o que é que você vai fazer? Vai comer melhor? Vai fazer exercício e tomar os suplementos apropriados para emagrecer? Tem de o fazer! Este é o remédio para emagrecer deve ser dado a conhecer a todos os que querem perder peso e mantê-lo para sempre!

-------------------------

Sibutramina: remédio para emagrecer pode voltar às prateleiras.

Sibutramina: remédio para emagrecer pode voltar às prateleiras
Desde o anúncio da proposta de tirar os emagrecedores do mercado, sociedades médicas se posicionaram contra a ideia
A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) deve publicar ainda este mês uma nova análise sobre o uso da sibutramina no mercado brasileiro. O órgão deve decidir se mantém a autorização para o uso do medicamento no país.

Em 2011, a agência decidiu banir os emagrecedores à base de anfepramona, femproporex e mazindol, os chamados anfetamínicos. Já a sibutramina permaneceu liberada, mas com restrições. Pacientes e médicos precisam assinar um termo de responsabilidade, que deve ser apresentado junto com a receita no momento da compra. Profissionais de saúde também são obrigados a informar à Anvisa problemas apresentados pelos pacientes.

Proposta de banimento

A proposta inicial dos técnicos da agência era banir o medicamento no país, pois estudos internacionais mostram que o uso da substância aumenta os riscos de problemas cardiovasculares e de alterações no sistema nervoso central.

Mas, após nove meses de debate, a equipe técnica mudou de posição e, no último relatório, defendeu a permanência do uso e da venda do remédio no Brasil. No prazo de um ano, o órgão voltaria a analisar a manutenção da sibutramina no mercado brasileiro.

De acordo com a Anvisa, a sibutramina ajuda a perder, no mínimo, 2 quilos de massa corporal em um período de quatro semanas. O tratamento é indicado para quem tem Índice de Massa Corporal (IMC) igual ou acima de 30 e não sofre de doença cardíaca. O prazo máximo de utilização do remédio é dois anos.

Tratamento para obesos

Desde o anúncio da proposta de tirar os emagrecedores do mercado, sociedades médicas se posicionaram contra a ideia. A Associação Brasileira de Estudos sobre Obesidade (Abeso) defende que, sem esses medicamentos, pacientes obesos ficam sem possibilidade de tratamento.


---------------------------

Remédios para emagrecer. Conheça os melhores medicamentos para perder peso rapidamente.

Remédios para emagrecer. Conheça os melhores medicamentos para perder peso rapidamente. Confira todos ps nossos artigos sobre Remédios para emagrecer. Saiba quais são seus benefícios e malefícios para saúde dos principais inibidores e bloqueadores de apetite usados por milhares de pessoas que querem perder peso sem fazer dietas ou passar por uma reeducação alimentar.
Anfepramona inibidor de apetite
A Anfepramona (ou Cloridrato de Anfepramona) é um poderoso inibidor de apetite anorético utilizado pelos que desejam conseguir resultados estéticos de emagrecimento. Pode ser utilizado em conjunto com outras práticas de dieta e reeducação corporal ou utilizados solitariamente para conseguir um resultado rápido e sem esforço. O que de fato, esta última opção, não é indicado. Seus efeitos referem-se à inibição da fome, ou seja, tomando o produto, o usuário sente menos fome e consequentemente acaba emagrecendo. O medicamento pode ser indicado em vários casos, como o de pessoas que comem quando nervosas ou obesidade.

O produto, porém, pode ser altamente danoso à saúde se seu consumo não seguir as recomendações do médico. A Anfepramona é uma substância que causa dependência química. O uso excessivo pode ainda deixar o organismo pobre de certos nutrientes, já que a pessoa acaba comendo menos e, portanto, deixa de nutrir o corpo.

Além dos males citados, o uso inadvertido pode ocasionar insônia, boca seca, nervosismo e problemas intestinais. A Anfepramona também é comercializada com os nomes Dualid S., Hipofagin S. e Inibex. Todos com usam a Anfepramona na fórmula.

Se seguir as indicações médicas, usar as doses prescritas na receita e interromper o uso quando for preciso, os resultados devem ser positivos.

Todo tipo de produto para a saúde, seja suplemento alimentar ou medicamento, deve ser receitado por médicos ou nutricionistas, se for o caso. Até mesmo as atividades físicas precisam ser acompanhadas por um cardiologista e ortopedista. Procure um especialista, ele saberá o que funciona melhor no seu caso, com base em exames e testes. Se necessário, indicará a Anfepramona.

O produto não pode ser vendido sem receita. Caso queira experimentar, exponha como opção na sua próxima consulta e seu médico dirá se é uma boa pedida ou se, no seu caso, outro método ou produto obteria melhores resultados.

Dietrol – Onde Comprar – Como Funciona?
Dietrol é um produto que promete resultados impressionantes. As propagandas do Dietrol afirmam que as substâncias presentes podem eliminar até 20 quilos em um período de quatro meses. Além de queimar gorduras, o Dietrol afirma poder aumentar a energia, acelerar o metabolismo, turbinar o sistema imunológico e até mesmo desintoxicar o organismo. Se verdadeiros, os benefícios são revolucionários e podem ajudar muitas pessoas a alcançar o peso ideal.

O melhor modo de experimentar é realmente consultando um profissional. Tudo que se pode usar a favor do Dietrol são os comerciais da própria marca, com pessoas que afirmam terem obtido resultados satisfatórios, mas isso não quer dizer que o produto funciona, e também não quer dizer que não. Para tirar a prova é melhor procurar um nutricionista pra saber se o Dietrol funciona.

Caso tenha conseguido uma boa indicação profissional e queira adquirir o produto, acesse o este link para comprar seu. No site são encontradas as promoções relacionadas ao produto. Até mesmo amostras grátis eram fornecidas na página.

Importante sempre citar que a forma mais saudável de perder peso é com exercícios, alimentação balanceada e acompanhamento de profissionais, como médicos, ortopedistas, cardiologistas e nutricionistas. Os medicamentos que possam ser indicados por esses especialistas devem ser usados em combinação com esses hábitos.

A automedicação nunca deve ser opção. Comprar um produto sem saber se ele funciona, ou mesmo se pode trazer algum mal à saúde, pode ser uma perda de tempo e dinheiro, além de colocar a saúde e a própria vida em risco. Existem milhares de produtos que prometem emagrecimento milagroso, esse ponto já deve ser visto com desconfiança, afinal, está cada vez mais claro que é preciso esforço, além de vontade para emagrecer.

------------------------------