Home Emagrecimento Emagrecer? Perder Peso Dietas Receita Dieta
------------------------

Exercicio para perder peso.

CONSELHOS PARA PERDER PESO RAPIDAMENTE (EXERCÍCIOS DOMÉSTICOS)
O exercício é um dos aspectos mais importantes de qualquer programa de emagrecimento. Todavia, a escassez de tempo leva-nos a querer conhecer os exercícios que ajudam a perder peso rapidamente.

Em termos gerais, há dois tipos de exercícios – aeróbicos e de resistência (ou anaeróbicos) – e cada um deles contribui de forma diferente para emagrecer. O exercício aeróbico queima calorias enquanto decorre. Ao invés, os exercícios de resistência contribuem sobretudo para perder peso, na medida em que aumentam a velocidade do índice metabólico em repouso (IMR) que nada mais é do que a quantidade de calorias que o seu corpo queima quando está em repouso. Na verdade, quanto mais músculos tiver mais o IMR aumenta, isto é, mais calorias queima porque precisa de mais energia para os manter do que aquela que precisa para manter a gordura.

Importante: lembre-se que os músculos pesam mais do que a gordura por isso, alguns exercícios de resistência, mantê-lo-ão saudável e torná-lo-ão mais atraente, embora não contribuam necessariamente para perder peso. A massa muscular é uma espécie de peso "bom" que ajuda a eliminar a gordura.

Apresentamos 5 tipos de exercícios, aeróbicos e de resistência, que pode fazer em casa para perder peso rapidamente.

Exercício #1: Agachamentos: As nádegas e os músculos das pernas constituem os maiores grupos musculares. Todos os dias em frente ao espelho, coloque os pés à largura dos ombros, olhe em frente e faça 10-20 agachamentos. Repita o exercício 2 ou 3 vezes para fortalecer os gémeos e os glúteos. Para aumentar a resistência, faça o exercício segurando dois pesos de 1 ou 3 kg nas mãos. Antes de iniciar, faça movimentos de aquecimento e páre se sentir dores fortes nos joelhos.

Exercício #2: Flexões: As flexões são exercícios para treinar a resistência e a força – durante uma flexão, os braços têm de suportar cerca de 70% do peso corporal. Para fortalecer os músculos e aumentar o IMR, faça 20 flexões, 2 ou 3 vezes por dia.

Exercício #3: Saltar: Saltar, abrindo e fechando as pernas e os braços, é um exercício aeróbico muito completo para fazer à noite em casa. Salte 20 vezes e repita o exercício 4 ou 5 vezes. Dica: se vive num apartamento, certifique-se que não incomoda os vizinhos; se tal acontecer, faça o exercício fora de casa.

Exercício #4: Corrida: Este é um excelente exercício aeróbico para queimar calorias. Antes de iniciar, caminhe um pouco para aquecer os músculos. Depois de começar a correr tente manter a velocidade. Se se sentir cansado, vá diminuindo progressivamente o ritmo até caminhar em passo normal.

Exercício #5: Subir e descer degraus: Trata-se de um exercício excelente para acelerar o ritmo cardíaco e queimar calorias. Para tal, pode utilizar as escadas de casa. Para obter melhores resultados, sugerimos que compre um step com pelo menos 38 cm de altura. Para começar, faça 2-3 séries de 20 exercícios cada uma. Mesmo que não note alterações, o facto é que elas acontecem! Este exercício ajuda a perder peso e a definir nádegas e pernas.

Em qualquer programa de emagrecimento é muito importante combinar os vários tipos de exercício - definição de músculos (musculação) e eliminação de gordura (exercício aeróbico). Comece por realizar estes exercícios 2-3 dias por semana e a gordura começará a desaparecer.
------------------------

Exercícios para Perder Peso Rapidamente.

Exercícios para Perder Peso Rapidamente
Se há muito não pratica qualquer tipo de exercício, seria óptimo começar por caminhar ao longo do quarteirão, várias vezes por semana, o que também o ajudará a descontrair. Quando se sentir confortável, faça o mesmo trajecto em passo de corrida, várias vezes por semana. Intercale a corrida com o caminhar – por exemplo, corra durante 30 segundos e em seguida caminhe durante um minuto.
2.Inscreva-se num ginásio, intercalando modalidades cardiovascular com musculação. O conselho que dou porque funcionou comigo, é o seguinte: faça o aquecimento no tapete ou na elíptica durante dez minutos, passe para uma máquina e depois de ter terminado o exercício, volte para o tapete ou para a elíptica durante 30-45 minutos. Nos dias em que não tiver disposição para levantar pesos, utilize uma máquina cardiovascular durante 45-60 minutos. Não se deixe abater! Se o ginásio possuir piscina, utilize-a porque a natação trabalha todas as partes do corpo ao mesmo tempo.

3.Gosta de actividades em recintos fechados, ao ar livre e de desportos? Se gosta, utilize-as para emagrecer. Basquetebol, ténis, bicicleta, patins e dança, são excelentes exercícios que o ajudarão a perder peso. Algumas destas actividades devem ser praticadas para activar a circulação, sobretudo quando o tempo dispendido no ginásio é pouco, quando não pretende fazer muito esforço ou quando o seu corpo não está nas melhores condições.

4.Pratique uma qualquer modalidade de defesa - jiu-jitsu, karaté, kickboxing – mesmo que nas versões cardiovasculares e não o desporto de contacto real. Para além de serem excelentes exercícios para perder peso, são também uma forma de motivação na medida em que o incentivo vem do próprio instrutor e dos colegas.


-------------------------

Para emagrecer, o melhor é praticar somente exercícios aeróbicos.

Para emagrecer, o melhor é praticar somente exercícios aeróbicos

Segundo estudo, atividades como corrida são mais eficazes na perda de peso do que a musculação sozinha ou a combinação dos dois tipos de exercício
Para conseguir emagrecer, uma pessoa que está acima do peso talvez deva deixar de lado a musculação e dedicar-se somente à prática de atividades aeróbicas, como caminhada, corrida e natação. Ao menos é o que concluiu um novo estudo da Universidade Duke, nos Estados Unidos. Após avaliar um grupo de indivíduos obesos ou com sobrepeso, os pesquisadores mostraram que praticar exercícios aeróbicos é melhor para perder peso e gordura em comparação com treinos de resistência ou treinos que combinem os dois tipos de atividade. As conclusões estão presentes na edição desta semana do periódico Journal of Applied Physiology.
De acordo com os autores dessa pesquisa, sabe-se que as atividades aeróbicas são eficazes na perda de peso. Por outro lado, novos estudos vêm sugerindo que os exercícios de resistência, que promovem o ganho de massa muscular, podem, além de outros benefícios, como a melhora dos níveis de glicose e colesterol no sangue, levar ao emagrecimento. No entanto, não estava claro qual é a atividade que surte o melhor efeito em relação à perda de peso.


-------------------------

Caminhada rápida ou corrida reduzem pela metade o risco de síndrome metabólica.

Caminhada rápida ou corrida reduzem pela metade o risco de síndrome metabólica

Para encontrar uma resposta, os pesquisadores analisaram 119 adultos obesos ou com sobrepeso. Eles foram designados a um dos três tipos de treinamento estipulados pelo estudo: o treino de resistência (musculação três vezes por semana, ou 180 minutos semanais da atividade); o treino aeróbico (19 quilômetros de caminhada ou corrida por semana, cerca de 130 minutos da atividade por semana); e o treino combinado (musculação três vezes por semana mais 19quilômetros de caminhada ou corrida semanais).

Comparação — De acordo com os resultados, enquanto os participantes dos grupos do treino aeróbico e do treino combinado emagreceram, grande parte daqueles que apenas realizaram exercícios de musculação ganharam peso. Isso ocorreu devido ao ganho de massa corporal magra, segundo os autores. O treino que combinou atividades de resistência e aeróbicas ajudou os participantes a perderem peso, gordura corporal e circunferência abdominal quase na mesma intensidade que o treino aeróbico o fez. No entanto, o treino combinado exigiu o dobro de tempo de exercícios realizados, o que fez com que os pesquisadores concluíssem que as atividades aeróbicas são a opção mais eficaz na hora de emagrecer.

De acordo com os autores do estudo, é preciso lembrar que "nenhum tipo de exercício é benéfico para todos os problemas de saúde" e, portanto, é preciso identificar a necessidade de cada paciente para que um médico indique a melhor atividade para ele. No caso da pesquisa, ela mostra que exercícios aeróbicos são melhores para o emagrecimento, o que não quer dizer que treinos de resistência ou combinados não façam bem à saúde.


---------------------------

Proteína pode explicar porque algumas pessoas queimam menos gordura do que as outras .

Proteína pode explicar porque algumas pessoas queimam menos gordura do que as outras

Pesquisa feita com camundongos descobriu que carência da proteína p62 prejudica a atividade da "gordura boa" e torna os roedores obesos
A equação para perder peso é simples: basta gastar mais calorias do que se consome. Algumas vezes, no entanto, a prática de exercícios parece não surtir efeitos na queima de calorias. Diante disso, pesquisadores da Alemanha desenvolveram um estudo para entender por que esse 'defeito' ocorre no organismo de algumas pessoas — e as conclusões apontaram para um culpado: a falta de uma proteína chamada p62. Segundo os cientistas, a carência dessa substância no tecido adiposo afeta o equilíbrio do metabolismo, fazendo com que o nosso corpo passe a armazenar mais gordura e a queimá-la menos do que o normal. A descoberta, eles acreditam, pode abrir caminho para novos tratamentos contra a obesidade.
A pesquisa, feita na Universidade Técnica de Munique e publicada nesta semana no periódico The Journal of Clinical Investigation, é a continuação de um estudo feito anteriormente pela mesma equipe de especialistas, coordenada por Jorge Moscat. Nesse primeiro trabalho, o grupo fez com que camundongos de laboratório não apresentassem nenhuma quantidade da proteína p62 e, como resultado disso, todos os animais passaram a ser obesos, a sofrer de síndrome metabólica e diabetes. Além disso, em comparação com camundongos que apresentavam a proteína, gastavam menos calorias e eram mais pesados.

Os pesquisadores, então, realizaram uma nova pesquisa para buscar entender o motivo pelo qual a falta dessa proteína desencadeava a obesidade. Para isso, eles fizeram com que os camundongos apresentassem falta da proteína p62 em diferentes órgãos. Um dos animais, por exemplo, somente carecia da substância no fígado; outro no músculo; e assim por diante. Os resultados indicaram que a falta da proteína somente causa obesidade caso ocorra no tecido adiposo.

Função — A partir dessa descoberta, então, a equipe passou a estudar apenas roedores que não possuíam a proteína no tecido adiposo. Os pesquisadores descobriram que a proteína p62 é responsável por regular o gasto de energia pelo metabolismo, já que ela controla a atividade do tecido adiposo marrom, também conhecido como a 'gordura boa'.

O tecido adiposo de uma pessoa é constituído por dois tipos de gordura: a branca e a marrom — esta última, por liberar energia excedente do corpo, e não acumulá-la, é considerada uma possível aliada contra obesidade e outras doenças relacionadas ao problema. A falta da proteína p62, portanto, desregula a atividade desse tecido e faz com que mais gordura seja acumulada e menos, liberada.

Para os autores da pesquisa, esses resultados são animadores pois, segundo eles, o tecido de gordura é "muito mais acessível" do que o de outras partes do corpo, o que torna a proteína p62 um possível alvo para novas terapias contra a obesidade.


------------------------------