Home Emagrecimento Emagrecer? Perder Peso Dietas Receita Dieta
------------------------

Dietas para perda de peso.

Dieta para perder 3 kilos em 5 dias!
Aposte nesta dieta para perder 3 kilos em 5 dias e mande embora os excessos
Perder 3 kilos em 5 dias sem pasar fome parece uma missão impossível? Mas não é. A nutricionista e especialista em psicologia do emagrecimento, Vanessa Franzen Leite (RS), ensina uma dieta hipocalórica que garante a perda de até 3 kilos em menos de uma semana.

O segredo é uma dieta equilibrada, com itens de baixas calorias, que ativem o metabolismo e façam seu corpo queimar gordura. Com um cardápio de 900 calorias diárias, a expert garante: você pode conseguir a silhueta sequinha que tanto deseja. E o melhor: sem passar fome ou ficar indisposta.

As dietas que secaram as famosas
A Corpo a Corpo selecionou dez dicas e dietas das famosas que estão exibindo silhuetas invejáveis. Confira os segredos das divas
1. Carolina Dieckmann e a Dieta Nota 10
Para perder os 30 quilos extras conquistados na segunda gravidez, a atriz apostou na Dieta Nota 10, elaborada pelo endocrinologista Guilherme Azevedo Ribeiro (RJ). O regime consiste na tradicional contagem de calorias através das chamadas notas: o ideal é que 500 notas sejam consumidas diariamente. Exemplo: um café da manhã que inclui 1 Yakult, 1 banana média e 1 torrada de pão de forma contém cerca de 80 notas. "Esta dieta dá uma sensação de liberdade muito grande, porque com ela você pode escolher o que comer e fica livre daquele pensamento de que é difícil emagrecer", afirma Carolina.

2. Carol Castro e a Dieta Funcional
As dicas ajudaram Carol a eliminar cinco quilos, combater o inchaço e a retenção de líquidos. Criada pela cardiologista e ortomolecular Heloísa Rocha (RJ), a Dieta Funcional inclui alimentos com propriedades antioxidantes e propõe uma dieta equilibrada com frutas, grãos, alimentos integrais e ingredientes light. "Pratico atividades físicas e sigo rigorosamente as recomendações da minha médica. Com muita disciplina no tratamento, consigo me controlar mais na TPM, época em que não resisto aos doces", explica a atriz.
------------------------

Quer emagrecer? Veja dieta e alimentos que ajudam na perda de pes.

Quer emagrecer? Veja dieta e alimentos que ajudam na perda de peso
Dieta promete eliminar seis quilos em duas semanas, sem prejudicar a saúde
Para emagrecer de forma saudável é preciso aliar alimentação balanceada a exercícios físicos. Se você acredita que serão necessários longos meses até os resultados começarem a aparecer, saiba que uma nova dieta propõe mudanças em apenas duas semanas. Sem radicalismos, a nutricionista Fiona Kirk prega a modificação de hábitos e o consumo de alimentos que turbinam o gasto calórico.

Clique aqui e confira receitas extraídas do livro!

Nutricionista desenvolveu cardápio sem radicalismos
No livro "2 Weeks in the Fast Lane Diet", sem previsão de lançamento no Brasil, Fiona Kirk conta que sua dieta é baseada em anos de pesquisa e no relato dos seus pacientes, que costumavam sofrer com o efeito sanfona. De acordo com o programa alimentar desenvolvido por ela, é possível perder até seis quilos em duas semanas, sem recorrer a medicamentos ou jejuns prolongados.

Veja cardápio para sete dias de dieta

Segundo a nutricionista, não se trata de uma dieta repleta de privações e radicalismos. Ela explica que, em 14 dias, é possível mudar hábitos alimentares capazes de provocar reflexo no ponteiro da balança. Assim, a motivação para continuar seguindo o programa alimentar surgiria com a perda dos primeiros 6 quilos.

Confira dicas para seguir a dieta e saiba o que você pode (ou não) comer

É preciso comer os alimentos certos para diminuir o volume das células de gordura
A nutricionista lembra que as mulheres possuem cerca de 34 bilhões de células de gordura, enquanto os homens têm 25 bilhões. Engordar significa que as células que existem se expandem, adquirindo um volume até seis vezes maior. A perda de peso ocorre quando essas células murcham e encolhem. O plano alimentar de Fiona Kirk se baseia no consumo de determinados alimentos, capazes de acelerar esse processo.

Conheça os alimentos que ajudam a queimar calorias

Em seu livro, Fiona Kirk diz que a solução para murchar as células gordurosas não é deixar de se alimentar e, sim, comer de forma consciente e equilibrada. De acordo com a nutricionista, a sensação de bem-estar proporcionada pela comida não deve ser negada ou subestimada.


-------------------------

Macarrão que emagrece: conheça o prato que ajudou Nigella a perder peso.

 

Macarrão que emagrece: conheça o prato que ajudou Nigella a perder peso
miojo milagroso tem apenas 10 calorias
Um macarrão milagroso parece ser a receita da chef e apresentadora Nigella Lawson, do GNT, para emagrecer. Conhecido como itokonnyaku, é composto por 97% de água e 3% de fibras de glucomanan, substância viscosa extraída da fibra de konnyaku, raiz da família do inhame. Tradicional na culinária japonesa, em outros países o miojo que emagrece também pode levar o nome de konjac e shirataki. Mas será que o macarrão milagroso emagrece?

De acordo com a nutricionista Marina Capella, o macarrão possui apenas 10 calorias por porção e também pode diminuir a fome: "Isso acontece por que o glucomanan retém água no estômago e se transforma em um gel. O macarrão acaba preenchendo espaço considerável, dando a sensação de saciedade precoce. Como consequência, a pessoa acaba comendo menos".

Miojo milagroso não pode ser a base da dieta
Marina Capella explica que o macarrão emagrece por que é feito basicamente de água e fibras, mas faltam nutrientes essenciais para a saúde: "Ele praticamente não contém calorias, mas também faltam proteínas, sais minerais e vitaminas. Se o miojo milagroso for a base de uma dieta, vão faltar nutrientes importantes para o organismo, incluindo os carboidratos".

Segundo a nutricionista, o macarrão que emagrece pode ser inserido no cardápio, desde que não seja a única fonte de alimentação. "Não há nenhum problema se ele for usado para substituir o macarrão tradicional. Como não tem gosto, recomendo cautela na busca por sabor, que pode resultar em muitas calorias desnecessárias em molhos gordurosos, por exemplo. O ideal é combiná-lo com legumes cozidos no vapor, frango grelhado ou filé de peixe", recomenda Marina. A nutricionista diz que o macarrão pode servir para fazer uma espécie de yakissoba sem molho shoyo. "O shoyo contém muito sódio, que retém líquidos e não é interessante para quem quer perder peso. Recomendo temperá-lo com ervas aromáticas", diz.

Fibra que compõe o macarrão que emagrece pode ser consumida em cápsulas
O macarrão à base de glucomanan é uma novidade no Brasil, mas a substância já era prescrita por nutricionistas por aqui para diminuir a fome. "O ideal é que ele seja manipulado e prescrito por profissionais especializados, mas o glucomanan em cápsulas também pode ser encontrado em casas de produtos naturais. O macarrão itokonnyaku pode ser encontrado em lojas tradicionais de artigos para culinária japonesa do Bairro da Liberdade, em São Paulo", diz Marina Capella.

A nutricionista explica que o consumo do glucomanan manipulado tem alguns efeitos colaterais. Como a substância é o ingrediente principal do macarrão que emagrece, ela recomenda atenção ao consumo. "É possível que haja efeito laxativo com o consumo regular. Em excesso, ele também pode reduzir a absorção das vitaminas lipossolúveis A, D, E e K", orienta a nutricionista

-------------------------

Dieta: dicas para engrenar na perda de peso.

Dieta: dicas para engrenar na perda de peso
Com o fim do carnaval, vem a sensação de que o ano realmente começou. Se a sua resolução de Ano Novo foi perder uns quilos extras, mas eles ainda teimam em incomodar, essa é a hora de agir. A seguir, confira dicas para perder peso de forma saudável:

1
Lanches
De acordo com uma pesquisa feita com duas mil mulheres pelo site britânico MyVoucherCodes.co.uk, elas consomem cerca de 650 calorias nos intervalos do trabalho, o que equivale a um terço da ingestão calórica diária recomendada. Para o lanche não prejudicar toda a dieta, a nutricionista Andrea Uzeda, da Clínica Dicorp, recomenda: "Coma frutas, barra de cereais ou de gergelim, sementes de abóbora, picolés de fruta ou um mix de oleaginosas, com castanhas, avelãs e nozes". O endocrinologista Alfredo Cury orienta a ingestão de biscoito integral com queijo pasteurizado light, sanduíche integral sem maionese, frozen yogurt ou iogurte desnatado com frutas e cereais (aveia ou granola light).

Aprenda a fazer barrinhas de cereal em casa
2
Termogênicos
Para potencializar a queima calórica, a nutricionista Andrea Uzeda recomenda o consumo de alimentos termogênicos, como o óleo de coco (clique aqui e saiba mais sobre o óleo de coco). "Quando consumido antes do almoço ou jantar ele ainda provoca sensação de saciedade, reduzindo a vontade de comer", explica a nutricionista. Ela também recomenda a ingestão da semente de chia, rica em fibras. "No estômago, a semente se transforma em um gel, que preenche o espaço, diminuindo a fome", diz Andrea. Ela também recomenda o uso da pholianegra, conhecida como pholia magra, mas ressalta que o produto precisa ser indicado por um médico ou nutricionista, já que é manipulado. A nutricionista explica que o uso combinado dos 3 produtos não traz riscos à saúde, mas a dose ideal de cada um deve ser determinada por um nutricionista.

Saiba mais sobre os alimentos termogênicos
3
Atividades físicas
A nutricionista Andrea Uzeda orienta a prática de 30 minutos de exercícios, 5 vezes por semana. "Para perder peso, o ideal é investir em exercícios aeróbicos, como corrida, caminhada, lutas ou hidroginástica, além de uma atividade voltada para o ganho de massa muscular, como a musculação. Assim, é possível potencializar o gasto calórico e evitar a flacidez muscular, que pode surgir junto com o emagrecimento", orienta e nutricionista.

Suspension Core: saiba mais sobre a aula que queima até 500 calorias.


---------------------------

Torradas são tão calóricas quanto pães e estragam sua dieta.

Torradas são tão calóricas quanto pães e estragam sua dieta
Processo para torrar faz com que alimento perca apenas água, e não calorias.

Um dos primeiros itens cortados do cardápio na hora de começar uma dieta é o pão, que muitas vezes acaba sendo substituído pelas torradas. A ideia da maioria é de que, assim, estão consumindo menos calorias. Porém, essa máxima não passa de ilusão. As torradas não são menos calóricas do que os pães e não devem ser liberadas no regime.

"A diferença entre o pão fresco e a torrada é que o pão torrado passou por uma maior exposição ao calor, que leva basicamente a duas alterações. A primeira delas é a Reação de Maillard, que é uma reação química entre o carboidrato e a proteína do pão, dando-lhe o aspecto torradinho. A segunda é a desidratação, quando o calor faz com que boa parte da água do pão seja evaporada e ele fique mais sequinho. Entretanto, os nutrientes são os mesmos. Somente a água é perdida no processo", explica a nutricionista do Hospital do Coração (Hcor) Leila Ali Hassan Kassab Crisóstomo.

Esse processo faz com que a torrada provoque um efeito mais leve no organismo, o que dá a impressão de ser menos pesada do que o pão. "Do pão para a torrada não muda nada para quem quer emagrecer. O pão torrado só se torna mais leve devido à perda de água. Assim, muitas pessoas que estão em processo de emagrecimento ingerem torrada na mesma quantidade, ou ainda em quantidades muito maiores, do que ingeriam de pão fresco. Como a torrada é mais leve, dá a sensação de que comemos menos", diz a especialista.

Porém, segundo a nutricionista, o pão não deve ser abandonado com medo de engordar, desde que tomados os devidos cuidados. "O pão, por si só, não engorda, se for consumido de forma equilibrada, em quantidades moderadas no dia a dia. Ele é uma importante fonte de carboidratos, nutriente essencial para o fornecimento de energia. O consumo excessivo de calorias vindas tanto de alimentos fonte de carboidratos quanto de outros nutrientes leva ao aumento de peso".

O ideal para quem quer emagrecer é dar prioridade ao consumo de pães menos calóricos, ou seja, com menor quantidade de açúcares e gorduras e com maior quantidade de fibras. Deve-se evitar o consumo, por exemplo, de croissants e pães doces. Vale alertar ainda que o pão integral não tem menor quantidade de calorias, mas deve ser priorizado graças às fibras presentes em sua composição, que dão maior sensação de saciedade.


------------------------------