Home Emagrecimento Emagrecer? Perder Peso Dietas Receita Dieta
------------------------

Dieta perder peso rapidamente.

MaxBurn - Emagreça de Forma Rápida e Saudável
MaxBurn já é sucesso na Europa e nos Estados Unidos, onde foi lançado há mais de 2 anos, e agora está disponível também no Brasil. Usado por inúmeras celebridades, MaxBurn vai ajudar você a perder peso e ter o corpo que sempre sonhou. A fórmula natural e exclusiva de MaxBurn ajuda você a queimar gorduras de forma rápida, além de ajudar a regular os níveis de colesterol.
QUAL A COMPOSIÇÃO DE MAXBURN?

MaxBurn é composto de uma série de produtos naturais reconhecidamente efetivos no emagrecimento.
Chá verde, que tem alto poder antioxidante, ajudando a renovar as células e aumentar a taxa de metabolismo.
L. Carnitina, auxiliar na melhora da disposição física e eficaz na diminuição dos depósitos de gordura, a famosa "gordura localizada".
Óleo de Geranium, que inibe o apetite e aumenta a sensação de saciedade.
Os componentes de MaxBurn foram balanceados de forma a obter uma ação inigualável na perda de peso.
COMO MAXBURN FUNCIONA?

Diminui o apetite
Diminui a gordura corporal
Melhora o funcionamento do intestino
Ajuda a regular o colesterol
Diminui a absorção de carboidratos
------------------------

Dieta da Proteina.

Dieta da Proteina
As diferentes versões da dieta da proteína são uma boa forma de emagrecer porque ajudam a diminuir a ingestão calórica. Existem boas e más versões desta dieta, mas se seguir a dieta da proteína certa é possível melhorar a sua saúde, fortalecer o sistema imunológico e emagrecer ao mesmo tempo.
Primeiro que tudo é necessário desambiguar a definição da dieta da proteína; existem várias dietas da proteína: uma dieta com muitas proteínas e uma dieta com poucas proteínas.
Quando se fala em emagrecimento referimo-nos à dieta da proteína, refere-se a uma dieta com uma ingestão elevada de proteína que é recomendada por muitos personal trainers, fisiculturistas e nutricionistas para ganhar músculo e perder gordura. A dieta da proteína não deve ser confundida com as dietas do carboidrato (como a dieta de Atkins) porque não implica o consumo de gorduras que são vitais para a saúde.
A proteína é necessária para manter e desenvolver músculos e outros tecidos. Nos dias de hoje vivemos numa sociedade saturada de carboidratos processados que demoniza as gorduras, mas ignora o consumo excessivo de carboidratos e açúcares – numa sociedade com tanta propaganda é necessário ter a perspectiva correta sobre o assunto das proteínas e gorduras saudáveis.
A dieta da proteína pode ser interpretada de várias formas: algumas são saudáveis e outras não. Uma dieta com mais proteínas e menos carboidratos baseada em alimentos naturais é saudável. Uma dieta com muitas proteínas vindas de produtos alimentares processados como os batidos de proteínas, barras energéticas e outros produtos de produção industrial não é tão saudável e pode ser prejudicial à saúde. Também deve ter em conta a qualidade do batido ou suplemento de proteína que você consome – os batidos de proteína mais saudáveis são mais caros porque os ingredientes têm mais qualidade e um processo de fabrico mais custoso.
Controvérsia sobre a Dieta da Proteína
A proteína é considerada um macronutriente essencial por aqueles que defendem a dieta da proteína – os desportistas que praticam modalidades que requerem força explosiva ou fazem fisiculturismo. A proteína providencia os aminoácidos necessários para a reparação dos danos ao músculo. Os batidos de proteína são consumidos depois do treino porque é uma forma cômoda e rápida de consumir proteína.
Um mito comum que se ouve nas academias é que o excesso de proteína pode causar problemas de insuficiência renal ou leva a uma alimentação com pouca fibra. Apesar de alguns alimentos ricos em proteína possuírem pouca fibra isso não implica problemas intestinais. Se o consumo elevado de proteína vier de alimentos naturais e o resto da alimentação for saudável não existe risco de ter falta de fibra nem de problemas renais.
-------------------------

Dieta de Baixa Proteína.

Dieta de Baixa Proteína
Uma dieta de baixa proteína é muitas vezes recomendada a pessoas com problemas nos rins e no fígado. Também é aconselhada a pessoas com problemas metabólicos congênitos como a fenilcetonúria e homocistinúri.
A dieta da proteína pode ser interpretada de várias formas, aqui está um exemplo:
Nesta dieta evitam-se todos os alimentos de origem animal como a carne, ovos, peixe, leite, iogurte, queijo, manteiga de amendoim e outras oleaginosas.
Os alimentos que tem pouca proteína como os vegetais, frutas, pão, bolos, massa, milho e batatas são recomendados. As pessoas que fazem uma dieta de baixa proteína também podem tomar um substituto para a proteína ou um comprimido com minerais e vitaminas para manter a saúde.
Traduzido do Wikipedia
No Wikipedia diz que uma dieta da proteína para melhorar a saúde de pessoas com problemas renais recomenda a evitar alimentos naturais como a carne e os ovos, mas recomenda os bolos e a massa… Cuidado com estas recomendações!
Existem várias dietas para emagrecer que não funcionam, mas a dieta da proteína é uma boa base para deixar de ingerir carboidratos processados em excesso. Uma dieta da proteína encoraja a ingerir menos carboidratos processados e a comer mais alimentos com proteínas. O detalhe mais importante que muitos outros recursos não falam é a importância da ingestão de gorduras saudáveis – isso torna esta dieta mais completa e muito saudável.
Segundo um estudo que foi feito recentemente os homens e as mulheres que seguiram a dieta da proteína ficaram com um apetite menor, uma grande perda de gordura e mais satisfação quando diminuíram a ingestão de carboidratos processados na sua deita. As pessoas que estão habituadas a ingerir quantidades consideráveis de açúcar ficam com muitas oscilações nos níveis de energia e necessitam de estimulantes para se sentir bem. Estes estimulantes incluem as refeições além das 3 principais, o café, bebidas açucaradas ou energéticas, etc

-------------------------

Tipos e Versões da Dieta da Proteína.

Tipos e Versões da Dieta da Proteína
Existem várias versões da dieta da proteína… "muita proteína" e "poucos carboidratos" estão ligados fortemente à dieta de Atkins. Apesar disso existem muitas outras dietas para emagrecer que funcionam com as mesmas bases como a dieta paleolítica, dieta da zona, dieta de South Beach, dieta de Stillman, dieta para ganhar músculo, etc.
É possível controlar a obesidade com a dieta da proteína. Quem sofre de obesidade tem outros problemas de saúde associados como a diabetes, hipertensão arterial e problemas cardíacos. O controlo da obesidade através da dieta das proteínas torna-se viável porque é reduzida a quantidade de gordura e de carboidratos consumidos. A alimentação fica mais saudável e menos calórica, o que leva a uma perda de gordura.
A dieta da proteína pode ser feita de várias formas que têm impactos variados na saúde e no emagrecimento. Uma das formas é substituir as refeições por um batido de proteínas – desta forma é possível diminuir a ingestão calórica diária de uma forma cômoda e rápida. O batido de proteína é utilizado para substituir duas refeições diárias, sendo desta forma mais fácil de emagrecer e perder gordura para quem não quer perder tempo a cozinhar ou não tem acesso a alimentação saudável.
Outro tipo de dieta de proteína é feita com o consumo de alimentos saudáveis com elevado teor de proteínas. É importante ler os rótulos das embalagens dos alimentos para saber quantas gramas de proteína os alimentos têm e procurar por conservantes e substâncias prejudiciais à saúde.
Eu recomendo a dieta paleolítica, que considero uma evolução da dieta da proteína – está mais bem explicada e destrói muitos mitos sobre nutrição que impedem alcançar a saúde e o bem estar. Com a dieta primal você pode emagrecer enquanto ganha saúde comendo alimentos saudáveis e saborosos.
Qualquer pessoa que está a tomar medicação deve consultar o seu médico antes, durante e depois da dieta. É importante informar o seu médico do tipo de dieta que vai fazer e quais os seus objetivos em termos de peso e emagrecimento. Após perder peso e ganhar saúde vai ser necessário diminuir ou eliminar a medicação que está a tomar. A dieta da proteína já ajudou milhares de pessoas na sua reeducação alimentar e a ganhar saúde e um criar um aspecto físico mais atraente.

---------------------------

Perigos das Dietas Rápidas.

Perigos das Dietas Rápidas
Existem muitos perigos associados às dietas de emagrecimento rápido. Na maioria dos casos estes métodos de emagrecimento são "soluções rápidas" para emagrecer que prometem perdas de peso muito mais rápidas que o normal. Além disso, estas dietas rápidas podem até afirmar que vai ter benefícios de saúde.
As pessoas escolhem perder peso por várias razões, mas as principais são para se sentir bem e para ter um bom aspecto. Se você tem uns quilinhos a mais e que quer perder não é uma boa escolha investir e participar numa dieta rápida que não foca na reeducação alimentar. Vou agora explicar os vários perigos para a saúde destas dietas rápidas.
O maior problema das dietas rápidas que prometem resultados em pouco tempo é a possibilidade de não haver nutrientes suficientes para o organismo. Se quer emagrecer alguns quilos é importante que a dieta para emagrecer lhe ofereça os nutrientes suficientes, desde vitaminas, minerais e proteínas suficientes. Muitas dietas não fornecem minerais e vitaminas suficientes para o corpo se manter saudável e com o sistema imunitário forte. Deixar de comer certo tipo de comida ou comer só um tipo de comida durante muito tempo pode dar origem a deficiências nutricionais. É por isso que muitas dessas dietas dão origem a uma perda de peso devida à perda de água e não de gordura.
O segundo perigo das dietas rápidas é que você pode estar a ingerir os tipos de nutrientes incorretos, causando uma diminuição da massa muscular, falta de força, fraqueza e outras complicações médicas. Outra consequência é a diminuição do metabolismo basal o que origina a um ganho de gordura maior quando acabar a dieta. Isto acontece porque o corpo necessita de calorias para manter o músculo, quando o corpo tem menos músculo ele queima menos calorias. Neste caso a perda de peso é devida à diminuição da massa muscular e não devido a perda de gordura, tornando-se mais difícil ser saudável, manter-se forte e magro.
Existem outros perigos relacionados com as dietas rápidas como a desidratação, devido às grandes perdas de água que estes regimes alimentares causam. A desidratação é perigosa pois causa problemas relacionados com as funções do sistema imunitário e outras funções básicas para a sobrevivência. A desidratação causa um desequilíbrio de eletrólitos, desequilíbrio nos níveis de sódio, câimbras musculares, tonturas, confusão e problemas mais severos como os desmaios.
Se quiser emagrecer é importante perceber que tem de trabalhar por isso e escolher uma dieta saudável, evitando as ilusões e conseqüências das dietas rápidas. Deve certificar-se que a o plano alimentar que esta seguindo lhe oferece todos os nutrientes que necessita para ser saudável e perder peso de uma forma responsável.
Como Identificar uma Dieta Rápida?
Hoje em dia somos bombardeados com produtos especiais, o último grito da ciência, métodos revolucionários e muitas outras coisas para nos fazer pegar no cartão de crédito e comprar um produto que é só propaganda e não dá resultados. O negócio milionário do emagrecimento tem muitos produtos inúteis que só emagrecem a sua conta bancária. Estas são algumas formas de identificar essas dietas e remédios que não funcionam:
Prometem uma forma rápida, permanente ou fácil de emagrecer e perder peso, por exemplo: Perca 5 kilos por semana!
Falam só sobre um tipo de comida ou bebida, como as toranjas, chá verde, cereais ou sopa. Não se concentram na dieta completa, só em coisas específicas.
Incluem uma lista de alimentos proibidos.
Não existem provas científicas dos métodos, mas que vende faz com que tudo parece um fato provado.
Promessas de que você não precisa de exercício físico ou falta de encorajamento para o mesmo.
Utilizam testemunhos para vender os produtos, mas você não sabe se os testemunhos são verdadeiros.
Afirmam que não precisa mudar a sua dieta, só precisa tomar o suplemento ou remédio à venda.
Falam da obesidade como se fosse uma coisa simples.
Prometem o desaparecimento ou diminuição de gorduras localizadas.
Utilizam termos convincentes como um milagre, descoberta científica e métodos revolucionários para fazê-lo comprar.
Os produtos só estão disponíveis através da internet, correio, anúncios de TV ou de cadeias de marketing multinível.
As dietas de emagrecimento rápido como a dieta da sopa ou a dieta da USP ajudam a perder peso, mas deve ter cuidado o que come depois da dieta. Caso contrário voltará a estar com mais peso que estava antes de começar a dieta! Dietas como a dieta dos pontos ou a dieta de Atkins têm uma fase em inicial com poucas calorias para começar a perder peso. Essas dietas avisam que não deve interromper a dieta a meio, pois o seu metabolismo vai absorver mais calorias tornando você mais vulnerável a ganhar muito peso em pouco tempo. O importante é ter consciência disso e criar hábitos alimentares saudáveis para ter um corpo mais belo e saudável.

------------------------------