Home Emagrecimento Emagrecer? Perder Peso Dietas Receita Dieta
------------------------

Dieta p emagrecer em uma semana.

A dieta que emagrece 37 kg com líquidos
"Emagreci 37 kg com a dieta líquida dos 4 dias. A cada 20 dias, recorro a esse segredinho que acelera o meu metabolismo. Assim, pulei do manequim 50 para o 40 e até virei miss!", conta Lahys Feijó
Fui até a loja que vendia roupas para gordinhas e fiquei em choque quando o manequim 48 não serviu. Nunca me senti tão humilhada. Sem saída, recorri à costureira do bairro. Enquanto ela tirava minhas enormes medidas, pensei: "Isso precisa acabar. Eu só tenho 17 anos. Quero ser uma adolescente normal". Nessa época, estava com 97 kg.

Pela primeira vez, tive a certeza de que queria emagrecer. Estava determinada e não dizia isso da boca para fora. Manequim 50? Nem pensar!

Dou um choque no metabolismo

Mesmo disposta a emagrecer, sempre vacilava na dieta. Chocolate e refrigerante eram as minhas tentações. Ficar sem eles seria uma tortura. Continuei cedendo às minhas vontades e emagreci só 10 kg em quatro meses. Sabia que poderia ter resultados melhores, então comecei a levar a dieta mais a sério. Com o auxílio de algumas reportagens, montei dois cardápios: um para o dia a dia, que apelidei de reeducação, e outro radical, batizado de cardápio de choque por ser composto só de líquidos e durar quatro dias. A cada 20 dias, dou um chacoalhão no metabolismo e perco cerca de 3 kg graças a ele.

Assim, acelerei o emagrecimento. Em seis meses, perdi 15 kg. Aí, me matriculei na academia para combater a flacidez. Aos poucos, descobri que tinha cintura debaixo de tanta gordura.
Não me reconheciam

Em dois anos, consegui chegar aos 63 kg. O mais engraçado é que muita gente não me reconheceu depois de magra. A história mais marcante foi a de um rapaz que conheci em uma festa quando eu era gorda. Ficamos um tempão sem nos encontrar. Até que ele me adicionou no Orkut. Tentei dizer que já nos conhecíamos da tal festa. Ele dizia que era impossível. Precisei mandar fotos em que aparecia gordinha. Ele ficou pasmo!

Feliz com o meu corpo, decidi me aventurar em um concurso de beleza. O sonho de ser miss era antigo e sempre me pareceu impossível. Em 2009, subi na passarela e... Ganhei! Fui Miss Bom Jardim, a cidadezinha onde moro aqui do Rio de Janeiro. Consequentemente, virei o orgulho de todos da minha casa. Como vencedora, participei de festas agropecuárias para concorrer ao título de Rainha.

Aí, tive meus 15 minutos de fama. Fiquei hospedada num hotel chique e recebi vários elogios. Não ganhei o título de Rainha, mas garanti o terceiro lugar. Fui a Princesa da festa. Nunca chorei tanto! A avó da rainha até se comoveu com a minha emoção e veio me consolar. Ela achava que eu estava triste por ter perdido o primeiro lugar. Nada disso! Eu chorei mesmo de alegria!

A manutenção é uma luta diária

O fato é que passei de patinho feio a mulherão e tenho muito orgulho da minha luta contra a balança. Emagrecer é difícil e a manutenção é uma batalha diária, porque ainda gosto de doces. Mas agora, como já estou magra, me dou folga aos fins de semana. Às vezes demoro para acreditar que uso manequim 40 e peso 60 kg. E quer saber? É tudo fruto do meu próprio esforço!"
------------------------

Caminhada lenta enxuga até 3 kg em 7 dias.

Caminhada lenta enxuga até 3 kg em 7 dias
A ATIVIDADE CONTROLA O APETITE, REDUZ A BARRIGA E FIRMA PERNAS E BUMBUM MAIS DEPRESSA DO QUE A MARCHA INTENSA
Parece milagre, mas não é. O exercício em ritmo lento desencadeia uma reação química no corpo que intensifica a perda de peso. De acordo com pesquisadores da Universidade de Michigan, nos Estados Unidos, ocorre diminuição na produção do hormônio responsável por estimular o apetite (a leptina), o que reduz os picos de fome. ''Todo gasto energético rápido tende a ser compensado por uma enorme vontade de comer. A vantagem da perda de energia lenta e gradativa é a adaptação do apetite'', explica o metabologista Roberto Carlos Burini, professor do Centro de Metabolismo em Exercício e Nutrição da Faculdade de Medicina de Botucatu, da Universidade Estadual Paulista (Unesp).

E mais: passos lentos aumentam a produção do hormônio que prolonga a sensação de barriga cheia. ''Uma molécula de aminoácido age no cérebro criando a impressão de que o organismo está satisfeito'', explica a nutricionista funcional Daniela Jobst, de São Paulo. A caminhada lenta ainda reduz 146% mais gordura abdominal do que a normal, garantem pesquisas da Universidade de Michigan, além de favorecer o emagrecimento por outro motivo: ''Ela causa o aumento da substância que ativa no organismo a queima de gordura, chamada catecolamina'', destaca o nutrólogo Edson Credidio, professor da pós-graduação da Sociedade Brasileira de Nutroterapia Funcional e Dietética, ligada à Faculdade de Engenharia de Alimentos da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp).

Além de ganhar um abdome retinho, você pode ter pernas modeladas e mais musculosas. A explicação é simples: ''Quando o ritmo é intenso, os níveis do hormônio do estresse, o chamado cortisol, são elevados e acabam retirando proteína dos músculos, o que reduz a massa muscular'', afirma o médico fisiologista do exercício Paulo Zogaib, da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp). Já o personal trainer Marcelo Garcia, que supervisionou as mulheres desta reportagem e é proprietário do Espaço Personal, de São Paulo, afirma: ''Em sete dias de caminhada lenta, quem não tem nenhum condicionamento físico pode conquistar pernas até três vezes mais enrijecidas''.

Mas para esse exercício surtir efeito, é essencial que você respire certo, porque o tempo entre a inspiração e a expiração é que vai determinar o ritmo das passadas e ajudá-la a se concentrar no movimento. O ciclo respiratório é o mesmo utilizado no Pilates (técnica de conscientização corporal). Ou seja, você inspira pouco e solta lenta e profundamente pela boca, concentrando a força de saída do ar no abdome. ''Um bom truque para sentir o movimento é empurrar o ar pela garganta. A cada três passos, puxe o ar pelas narinas e solte-o pela boca'', ensina o professor Marcelo Garcia. Dessa forma há maior liberação e assimilação de endorfina, hormônio do bem-estar, e estímulo do músculo transverso, que sustenta a barriga. Ao ser trabalhado, favorece a perda de medidas da região.
-------------------------

Dieta para perder 1/2 kilo por dia.

Dieta para perder 1/2 kilo por dia
Aproveite a chegada do verão e elimine de vez a gordurinha extra. Veja essa cardápio power que seca até meio kilo por dia
A dieta que elimina meio quilo por dia foi elaborada pela nutricionista Márcia Dal Medico, que há cinco anos ajuda pessoas a afinar a silhueta no Spa Jardim da Serra, em São Pedro, interior de São Paulo. Mas não existe milagre. O caminho para dar certo é um só: encarar apenas 800 calorias diariamente - 400 a menos que um menu tradicional de emagrecimento. "Esse valor energético está abaixo do que o corpo necessita quando fica em repouso. Entretanto, você vai conseguir trabalhar normalmente e até mesmo malhar três vezes por semana", garante a especialista. Porém, atenção: não realize treinos que durem mais de 40 minutos. A partir daí pode ser arriscado para a saúde e baixar muito a sua resistência física.

Como acelerar o metabolismo

Para assegurar que a dieta que elimina meio kilo por dia funcione, a nutricionista acrescentou um truque ao cardápio: gengibre fresco. "Pesquisadores ingleses e chineses afirmam que consumir uma colher de chá por dia do tempero acelera em até 20% o metabolismo, favorecendo a queima de calorias", aponta. Por isso, caso você sinta fome durante o dia , prepare um chá de ervas de sua preferência e adicione uma pitada da especiaria ralada. "Se mesmo assim estiver pensando em furar o regime, tente controlar a gula com uma taça de gelatina diet e, por último, uma fruta", ensina.

O que fica expressamente proibido é prosseguir com essas refeições hipocalóricas por mais de uma semana. Primeiro, por causa do efeito rebote - a ingestão de pouca comida faz com que o corpo passe a estocar gordura, por entender que está acontecendo uma "greve de fome", que o obriga a fazer uma reserva para se prevenir. Segundo, para não haver o risco de ter queda de concentração e fraqueza excessiva.

Após sete dias, então, aumente o consumo de alimentos e distribua mais 400 calorias entre o café da manhã, o almoço e o jantar, totalizando 1.200 calorias. Isso significa que você pode devorar mais 1 xícara de café com leite, três colheres (sopa) de arroz e de feijão, um filé de frango grelhado e uma maçã. Faça até completar 30 dias e depois retome tranquilamente a dieta de emergência. Essa é uma medida de segurança com sua própria saúde, cuide-se!

-------------------------

Comer doce no café da manhã ajuda a emagrecer, diz pesquisa.

Comer doce no café da manhã ajuda a emagrecer, diz pesquisa
Uma nova pesquisa, realizada na Universidade de Tel Aviv, comprovou que quem come doce no café da manhã tem mais facilidade de perder e manter o peso
Atenção, formigas de plantão: doce no café da manhã emagrece! Segundo uma pesquisa realizada na Universidade de Tel Aviv, um café da manhã composto por carboidratos, proteínas e um docinho ajuda perder peso e não recuperá-lo novamente.

No estudo, que durou 4 meses, os voluntários perderam cerca de 15 kg. Aqueles que não ingeriram doce no café da manhã recuperaram cerca de 11 kg, enquanto aqueles que adotaram alguma guloseima (bolo ou biscoito, por exemplo) continuaram emagrecendo e não engordaram novamente.

Na conclusão dos especialistas, o doce inserido no café da manhã ajuda a conter a compulsão por alimentos calóricos ao longo do dia. A tática tem efeito parecido com a dieta das proteínas, que também sacia a fome e diminui a compulsão.


---------------------------

Chia: conheça a semente que queima gordura e emagrece.

Chia: conheça a semente que queima gordura e emagrece
A chia é rica em fibras e Ômega-3, promovendo uma verdadeira faxina no intestino e desintoxicando o organismo. Saiba como tomar essa semente que emagrece
A chia tem chamado a atenção no hall das sementes, passando na frente da linhaça e do amaranto. E por que tanto sucesso? Simples! A chia elimina gordura, ajudando a emagrecer. "As fibras presentes na semente de chia são do tipo solúveis. Em contato com a água, a chia vira um gel que 'incha' o estômago, retarda a fome e a velocidade com que o organismo assimila os carboidratos. As sementes de chia absorvem 12 vezes do seu peso em água, hidratando o corpo e protegendo a mucosa do intestino. Essas fibras ainda retêm parte da gordura presente nos alimentos, eliminando esse excesso nas fezes", explica a nutricionista Márcia Curzio (RJ).

A especialista explica que cerca de 23% da chia é composta por ácidos graxos poliinsaturados, o que a torna a semente com maior teor de Ômega-3 no mundo. "A gordura é resultado de um processo de inflamação no organismo. O Ômega-3 é anti-inflamatório e ajuda o organismo a recuperar o controle sobre o apetite", explica Márcia.

Além de extremamente rica em fibras, a chia é um tipo de proteína completa, têm o dobro de potássio que a banana, três vezes mais antioxidantes que mirtilo (blueberry), seis vezes mais cálcio que o leite e oito vezes mais Ômega-3 que o salmão. Falta mais algum motivo para aderir a chia? Então lá vai! É rica em antioxidantes e ainda é desintoxicante.
Como consumir a chia

A chia pode ser usada na alimentação de crianças, adolescentes e gestantes. Praticantes de atividades físicas também podem se beneficiar do consumo desta semente, já que estes indivíduos necessitam de maior aporte protéico quando comparados a indivíduos sedentários. Misture uma colher de sopa (10 g) de chia com 1/2 xícara (75 ml) de água e deixe hidratar por meia hora, mexendo de vez em quando. No final desse tempo, um gel terá se formado. Tome uma colher de sopa do gel 30 minutos antes das principais refeições. A chia não tem absolutamente gosto nenhum e tem uma textura idêntica às sementes de tomate. Outra dica é juntar o gel à papa de aveia (depois de pronta), vitaminas de frutas, e no iogurte. O gel de chia pode ficar na geladeira por até três dias, sem perder os nutrientes.


------------------------------