Home Emagrecimento Emagrecer? Perder Peso Dietas Receita Dieta
------------------------

Como emagrecer comendo.

Emagrecer comendo bem é o desejo de 11 em cada 10 pessoas que buscam redução de peso. Perder peso todos querem, mas o que dizer de ter que abrir mão daqueles pratos suculentos e doces saborosos? É possível emagrecer comendo bem sem a necessidade de uma profunda reeducação alimentar?

Alguma Reeducação Alimentar é Necessária!

Sim, não mantenha esperança de que é possível emagrecer abusando de gorduras, carnes, massas, doces, enfim, tudo aquilo que enche a boca de água, mas que é uma armadilha para quem pretende emagrecer.

Este tipo de alimentação é uma armadilha não porque seu consumo vá impedir o emagracimento, mas sim porque normalmente a quantidade consumida é muito além da necessária para o equilíbrio calórico do organismo.

Em outras palavras, você pode pensar sim em emagrecer comendo bem, mas deve, sem dúvida, efetuar uma reeducação alimentar para dosar melhor o consumo de calorias.

Complementos Alimentares

Os complementos alimentares podem auxiliá-lo se seu objetivo é emagrecer comendo bem. Note que aqui tratamos dos complementos alimentares que visam oferecer alimentação saudável, não-calórica, mas que oferecem prazer gustativo, ajudando, assim, no equilíbrio calórico.

Por exemplo, os shakes e barras de cereais são excelentes naquela hora que você quer comer um doce ou snack.

Como Emagrecer Comendo Bem

Abaixo estão alguns pontos a serem observados por quem pretende emagrecer comendo bem:

Faca uma reeducação alimentar — é possível emagrecer comendo bem, mas procure ingerir também alimentos mais saudáveis e menos calóricos.
Coma menos e mais vezes — este é uma dos grandes segredos da reeducação alimentar para emagrecer comendo bem. Ao invés de um almoço e jantar "caprichados", coma em menos quantidade nestas duas refeições, e compense ingerindo outros alimentos entre elas (de preferência frutas e/ou complementos alimentares).
Complementos alimentares são seus amigos — existem diversos produtos que podem te ajudar a "matar" aquele fome sem alterar o equilíbrio calórico diário. Alguns têm até propriedades que auxilian na perda de peso, como a farinha de maracujá.
Emagrecer Comendo Bem — Conclusão

Portanto, é possível emagrecer comendo bem, dependendo do conceito pessoal do que é comer bem. Com apenas alguma reeducação alimentar (comer menos em mais refeições, o uso de complementos alimentares, por exemplo) é possível sim emagrecer comendo bem.


------------------------

estratégias para emagrecer, comendo.

estratégias para emagrecer, comendo
Conheça 5 estratégias que ajudam a emagrecer, sem precisar parar de comer, e vença a batalha contra a balança
Dentro do seu corpo, uma guerra está sendo travada entre as células que constroem músculos e aquelas que criam gordura. Como ter certeza de que os músculos irão vencer a batalha? Seguindo estas cinco estratégias, você vai perder peso e ficar esbelta - sem o estômago roncar!

1. Comerei o que der em árvores

Ou em arbustos, espigas e parreiras. Sua meta é encher o corpo com tantos detonadores de gordura quanto for possível. As melhores fontes são frutas e vegetais - e oleaginosas, é claro. Um estudo da Universidade da Califórnia, em Los Angeles, nos EUA, descobriu que uma típica pessoa com peso normal ingere cerca de duas porções de frutas por dia, enquanto aquela com sobrepeso consome apenas uma por dia. Outro estudo revelou que comer frutas no início das refeições reduz em 15% a ingestão geral de calorias. Comer o que vem da natureza também dará a você mais ácidos graxos ômega 3, que ajudam a combater a gordura abdominal. Algumas grandes fontes de ômega 3 são nozes e sementes de linhaça.

Aposte nas cinco porções diárias
Podem ser frutas, legumes e verduras, distribuídos nas refeições e lanches, sugere Maria Galdini, nutricionista da consultoria RG Nutri, em São Paulo. "Lembre-se de que uma porção de frutas equivale a uma maçã, duas ameixas, meio mamão papaia, uma fatia grossa de abacaxi ou uma fatia de mamão formosa", diz ela. Já a porção de vegetais é contada diferente. "Equivale a 3 colheres (sopa) de legumes (abobrinhas, vagem ou cenoura, por exemplo) ou a um prato pequeno de verduras (folhas verdes, tomate e cebola, por exemplo).

Truque para afinar
Coma primeiro os alimentos ricos em fibras. Você consumirá menos calorias e as fibras ajudarão a diminuir as oscilações de glicose que desencadeiam a fome.

2. Comerei proteínas em todas as refeições e lanches

O crescimento muscular é disparado por alimentos ricos em proteínas. Cada vez que você ingere de 10 a 15 g do nutriente, estimula uma explosão de síntese proteica que ajuda na construção da musculatura. Quando a ingestão é de 30 g, esse trabalho dura cerca de 3 horas. "Muita gente costuma comer um pão com manteiga e 1 xícara de café pela manhã, esquecendo de incluir proteínas na primeira refeição do dia", diz Maria Galdini. Saiba que 25% das calorias que você irá ingerir ao longo do dia devem estar no café da manhã, o qual deve conter 30% de proteínas. "Na prática, é mais ou menos o equivalente a ingerir um iogurte com queijo branco ou 1 copo de leite e um pão com requeijão ou ainda um pão com queijo e duas fatias de presunto." Em um estudo, pessoas que começaram o dia fazendo uma refeição com ovos perderam 65% mais peso do que aquelas que ingeriram pãezinhos.

Proteína na medida certa
Tente ingerir 0,8 g de proteína para cada quilo do seu peso. "É importante sempre lembrar de comer queijo e leite, ou um iogurte e uma fatia de peito de peru, no café da manhã. No almoço, pode se servir de uma fatia de frango, de carne vermelha ou de peixe. E, na hora do lanche, recorra a um iogurte ou a um sanduíche com presunto ou peito de peru."

Truque para afinar
Coma mais derivados de leite (iogurtes e queijos). Estudos mostraram que pessoas que consumiram três porções por dia são 60% menos propensas a ter sobrepeso em relação àquelas que ingeriram um número menor de porções.


-------------------------

Comerei antes e depois dos exercícios.

Comerei antes e depois dos exercícios

Se você adora comer, aqui vai uma boa notícia: provavelmente terá de comer mais. Fazer um lanche com proteína e carboidratos pouco antes da atividade física e outro logo depois acelera o crescimento e a recuperação dos músculos. Além disso, abastecer o estômago pode limitar os efeitos do cortisol, o hormônio do stress responsável por mandar o corpo armazenar gordura. Em consequência, você queima mais gordura enquanto está se exercitando e nas 24 horas seguintes.

Dupla infalível
Faça um lanche com 30 g de carboidratos e um pouco de proteína antes de malhar (duas fatias de pão com requeijão, por exemplo). Isso dará energia para o corpo. "Se a meta é perder peso, não se pode exagerar nos carboidratos antes, senão a atividade servirá apenas para queimar o que se comeu", explica Maria.

Truque para afinar
Tomar smoothie ou iogurte depois da malhação é uma maneira rápida e fácil de ganhar um reforço de proteínas.

4. Serei uma expert em salada

Saladas fornecem nutrientes extremamente importantes que ajudam a perder peso. Um exemplo perfeito é o folato, vitamina do complexo B encontrada em vegetais verdes folhosos. Um estudo revelou que pessoas em dieta que ingeriram mais folato perderam 8,5 vezes mais peso que aquelas que consumiram menos quantidade da vitamina.

Embarque na onda verde
Além de comer salada, adicione espinafre a quiches e omeletes. Faça refogados. Recheie sanduíches com alface, rúcula ou agrião.

Truque para afinar
Use cártamo (também chamado de açafrão-bastardo) como tempero. Ele contém ácido linoleico, que pode prevenir o armazenamento de gordura.

5. Nunca tomarei o pior café da manhã do mundo

Não estamos falando de pizza dormida - é não tomar café da manhã nenhum. Quando acorda, seu corpo está sem combustível. E ficar sem comer vai desacelerar o metabolismo e deixar seus músculos famintos. Você acabará consumindo a maior parte das calorias no fim do dia. E pular regularmente o café da manhã aumenta em 450% o risco de obesidade.

Abasteça bem pela manhã
Coma de 25% das suas calorias diárias de manhã. Combine proteínas com grãos integrais, frutas, vegetais e gorduras saudáveis. Se você não tem tempo nem apetite para uma grande refeição, faça duas menores - sirva-se de 1 copo de leite acompanhado de pão e queijo ou de uma tigela de cereais e leve uma fruta ou iogurte para o trabalho.

Truque para afinar
Seu interesse em comer pela manhã é absolutamente zero? Pelo menos, tome 1 copo de leite desnatado - isso dará a você cerca de 6 g de proteína mais cálcio, mineral que ajuda a queimar gordura.


-------------------------

Como emagrecer comendo de tudo.

Como emagrecer comendo de tudo
Especialista revela que controlar os impulsos é o grande segredo para perder peso
Para emagrecer com saúde, não é preciso ficar sem comer por várias horas e muito menos abdicar de alimentos saborosos. Fazer exercícios é essencial, mas viver na academia e depois comer em excesso também não adianta no processo de emagrecimento. De acordo com o doutor Sidney Chioro, neuropsiquiatra especialista em emagrecimento, o segredo para emagrecer sem sofrimento é resistir aos impulsos. O médico não indica regimes, ginástica e nem remédios. A pessoa que busca o tratamento pode comer o que gosta sem medo: a técnica utilizada pelo especialista retira o impulso de comer, a retenção intestinal e a resistência do emagrecimento. Veja dicas do neuropsiquiatra e saiba como controlar a vontade de comer:
Como é o método?
O processo é bem simples: o impulso de comer é controlado e a pessoa passa a sentir prazer durante as refeições, sem precisar recorrer aos "lanchinhos" durante o dia. "Como este método retira causas, e sem causas não tem efeito, fica mais fácil permanecer magro. Porque se não permanecer magro não adianta emagrecer", revela o neuropsiquiatra. Ele ainda complementa: "O ser humano foi feito para comer e ser magro. Então, quando o seu funcionamento é respeitado, a pessoa emagrece comendo bem".
Dicas essenciais
Para emagrecer, é preciso controlar impulsos, respirar fundo e repensar a alimentação diária. Não sabe por onde começar? Confira as dicas e entenda o método proposto pelo doutor Chioro:
- Primeiro passo: admitir que não está feliz acima do peso.
- Se sentir com o direito de ser magra.
- Se propor a emagrecer.
- Escolher um método que seja agradável, para ter motivação de ir até o final e que facilite permanecer magra.
- Evite comer quando não está com fome. Docinhos e guloseimas depois do almoço ou do jantar ajudam a engordar;
- Coma devagar: desse jeito você fica satisfeita mais rápido;
- Saboreie a comida: mastigue bem os alimentos e sinta o prazer da refeição;
Comer demais é impulso?
"Comer demais é um transtorno alimentar, que pode ir desde um leve impulso de comer até uma compulsão alimentar mais intensa, como ocorre, por exemplo, na bulimia. Na grande maioria dos casos, é apenas um impulso de comer que pode ser resolvido e a pessoa pode emagrecer comendo de tudo o que ela gosta", afirma o especialista. O grande segredo está no autocontrole: para começar a emagrecer, é preciso comer sem exageros, saboreando cada prato. "Impulso de comer é relacionado à ansiedade. Se a pessoa está triste, come. Se não tem o que fazer, come. Se está entediada, come algo para alegrar a vida. Durante a noite, após a janta, resolve assistir televisão e come guloseimas. Este impulso, em todas as suas variações, é a mais frequente causa do indivíduo ganhar peso. Este método foi feito para retirar esta causa. A pessoa passa a comer pelo prazer verdadeiro de comer, que é fisiológico, portanto não engorda", complementa o médico.

---------------------------

Dieta volumétrica prova que é ?

Dieta volumétrica prova que é
possível emagrecer comendo muito
Entenda como a mistura entre alimentos fibrosos e água pode ajudá-lo a perde peso
Enganam-se aqueles que acreditam que regime é sinônimo de comer pouco. Para emagrecer, não é necessário ficar horas sem se alimentar e, muito menos, podar a quantidade de comida colocada no prato. Pelo menos é o que pregam os criadores da dieta volumétrica.

Siga o cardápio da dieta volumétrica

Criado pela cientista norte-americana Bárbara Rolls, professora da Universidade da Pensilvânia (EUA), esse regime tem por base um cardápio farto. O segredo é apostar em alimentos volumosos, ricos em água e em fibras (solúveis e insolúveis), que dão sensação de saciedade por mais tempo.

Faça um delicioso hambúrger volumétrico

Segundo a nutricionista Mariana Del Bosco, da Abeso (Associação Brasileira de Estudos Sobre a Obesidade), a dieta volumétrica é uma boa saída para quem tem necessidade de comer em grande quantidade.

- Os estudos realizados pela equipe de Bárbara mostram que tendemos a consumir sempre o mesmo volume de alimentos em todas as refeições. Portanto, diminuir as porções de comida em cada refeição faz com que o paciente acabe desistindo do regime.

Tome sopa de vegetais antes das refeições e emagreça

Mas não basta comer muito de qualquer alimento. A nutricionista Elaine de Pádua, da Unifesp (Universidade Federal de São Paulo), explica que as fibras solúveis - presente nos grãos como feijão, lentilha e grão-de-bico e nas frutas como banana e maçã - misturadas com água , acabam "inchando" o estômago.

É por isso que proporcionam a sensação de saciedade e tiram a vontade de comer mais e mais.

- As fibras insolúveis, presente nas folhas das verduras, ajudam a retardar o esvaziamento do estômago e, consequentemente, a não absorver grande quantidade de gordura.

Para Elaine, com a nova dieta, é possível ter um consumo satisfatório de comida, sem restrição ao longo do dia.

Assim, não será preciso compensar com alimentos gordurosos.


------------------------------