Home Emagrecimento Emagrecer? Perder Peso Dietas Receita Dieta
------------------------

cardapio para emagrecer simples.

Cardápio com comida simples (tipo arroz/feijão) para perder 14 kg
06:00 h um pãozinho francês com uma fatia de ricota e
uma xícara de café

09:00 h bata no liquidificador uma fruta pequena com um copo de leite de soja ou leite desnatado, uma colher de sobremesa de linhaça.

11:30 h almoço: uma colher de arroz, uma de feijão, um pedaço de carne magra, verduras a vontade e uma proção de legumes.

13:30 h uma fruta

15:00 h um copo de leite de soja ou desnatado com um pãozinho francês

17:30 h uma fruta

19:30 jantar leve....pode repetir almoço ou optar por uma sopa sem gordura.

22:00 um copo de leite ou iogurte desnatado

é importante vc comer de 3 em 3 horas senão engorda do mesmo jeito...

Boa sorte


------------------------

Cansada de fazer dieta? 3 regras simples para emagrecer.

Cansada de fazer dieta? 3 regras simples para emagrecer
Confira três táticas fáceis, mas superpoderosas, para vencer a luta contra a balança
Enxugue as medidas sem sacrifício

Entra ano, sai ano e você continua com a mesma queixa: não consegue enxugar aqueles quilinhos que insistem em mascarar suas curvas. Tentativas não faltaram, pelo contrário: a lista das dietas que entraram na sua vida vai de A a Z, mas mesmo assim a balança não se rendeu. Se essa novela parece familiar, chegou a hora de mudar o roteiro. Agora, o final da história será diferente. Para ajudá-la a reverter o cenário, consultamos os maiores especialistas no assunto no país — o endocrinologista Alfredo Halpern, do Hospital das Clínicas de São Paulo e criador da Dieta dos Pontos, o colega Walmir Coutinho, coordenador da Força-Tarefa Latino Americana de Obesidade, a diretora do grupo Vigilantes do Peso de São Paulo, Cleide Guimarães, a empresária Lucília Diniz, que eliminou 60 quilos da sua silhueta, e a nutricionista Ana Herb, do Centro de Recuperação e Estudos da Obesidade (Creeo). Com eles, escolhemos a dedo três poderosíssimas estratégias para ajudá-la a fazer as pazes com o espelho. A seguir, o resultado. Tudo ao seu alcance!


-------------------------

Corte 50% do doce.

Corte 50% do doce

A maioria de nós não resiste aos encantos açucarados e se rende principalmente ao chocolate quase todos os dias — e em doses exageradas. Ops, hora de mudar. "Quem quer conquistar um corpo cheio de curvas tem de reduzir a cota de guloseimas pelo menos pela metade", diz o endocrinologista Alfredo Halpern. Se o açúcar representa o paraíso na terra cada vez que passa pela nossa boca, o doce também é cruel e impiedoso com a nossa silhueta. Então, por que permitir 50%? "Estudos comprovam que, quando se restringe demais o cardápio, cortando radicalmente os ingredientes mais amados, o risco de um ataque à geladeira aumenta potencialmente", diz a nutricionista Ana Herb. Para as formiguinhas de plantão, há duas maneiras de manter o projeto musa. Se a necessidade de degustar um docinho for diária, tudo bem. Mas a dose terá de ser pequenina. Vale comer todo dia, por exemplo, um bombom Alpino ou Sonho de Valsa, uma banana passa com chocolate, dois cookies de chocolate, dois biscoitos recheados, dois brigadeiros pequenos (tamanho de festa), uma minibarrinha (15 gramas) de chocolate, daquelas que vêm em caixa com miniaturas da Lacta ou da Nestlé, ou dois Bis. Outra opção, mais recomendada: o regalo fica liberado só uma vez por semana e, nesse caso, a dose aumenta: uma taça com duas bolas de sorvete diet com cobertura diet, uma fatia de bolo ou de torta de frutas, um quadrado de brownie, uma fatia de pudim de leite, uma taça de musse ou uma barra de 50 gramas (tipo Suflair) de chocolate. Mas atenção: não misture dois doces em um só, como a tradicional dupla torta ou bolo com sorvete. E procure optar por doces que levem fruta, como musse de maracujá, torta de maçã, bolo de laranja, em vez daqueles que são chocolate puro. Assim, você reduz o teor de gordura da sobremesa e minimiza as calorias. E por último: quando for impossível resistir ao doce que mais ama, divida com uma amiga. Assim, as duas saboreiam a delícia sem sair da linha.

2. Diga sim ao carboidrato camarada

Descarte de uma vez por todas aquela velha estratégia de cortar pão, massa e arroz para tentar um emagrecimento a jato. Várias pesquisas já provaram que reduzir drasticamente a cota de carboidrato do menu pode provocar queda no rendimento intelectual, cansaço e até mesmo depressão. "E quem adota regimes radicais está fadado a engordar tudo de novo", diz o endocrinologista Walmir Coutinho. Mas como mantê-los no cardápio e perder peso? Você precisa saber escolher o carboidrato do bem. O refinado (presente no pão branco, nos biscoitos e no arroz branco) e o simples (como açúcar e mel) são campeões em aumentar sua fome. Ao serem ingeridos, o organismo libera rapidamente altas doses de insulina para manter o índice de glicose no sangue sob controle. E esse processo manda o apetite para as alturas. Além disso, alimentos como esses — que liberam altos índices de açúcar no sangue — são um dos principais responsáveis pelo diabetes tipo 2, que pode ser evitado adotando hábitos alimentares saudáveis. "Para despistar a fome, nutrir seu organismo e se deliciar com as refeições, adote os integrais", diz Cleide Guimarães, do Vigilantes. Troque o arroz branco pelo integral, adote pão integral, de centeio, aveia ou de fibras e deixe de lado o pão francês ou o pão de fôrma tradicional. Opte por cereal matinal integral tipo Nesfit ou All Bran ou até mesmo aveia no lugar do tradicional Sucrilhos — altamente refinado e rico em açúcar. Se a pedida for macarrão, você encontra a versão integral em vários supermercados e lojas de produtos naturais. Quando quiser se deliciar com uma torta ou uma pizza e não tiver a chance de escolher as integrais, escolha um recheio de verdura ou legume, como brócolis, escarola e rúcula. Combinados com os carboidratos, eles ajudam a domar a sua fome.

-------------------------

Dieta simples – Alimentação completa também emagrece.

Dieta simples – Alimentação completa também emagrece
Dietas balanceadas, completas dão certo sim, por que não dar uma chance à elas? Viver de dietas rápidas não é saudável e todos, lá no fundinho sabe disso. Dê uma chance a uma alimentação completa e verá que pode sim eliminar os quilinhos que quer e ainda vai se manter enxuta sempre.
Esta dieta não tem nada de "mágica", ou alimentos exóticos, é simples, tem alimentos fáceis de se encontrar e porém, ajuda a eliminar até 1 quilo por semana. Cada cardápio diário tem cerca de 1200 calorias, esse é o mínimo que a OMS (Organização Mundial De saúde) determina como ideal para se começar um programa de emagrecimento, seja em que idade estiver.
Isso por que todos nós precisamos de até para respirar, quanto mais para malhar, trabalhar, ou seja para ter um dia a dia normal. Se quer acelerar os resultados, que tal dar uma acelerada nas caminhada?
Esse tipo de dieta pode sim ajudar a mudar de vez a maneira de se alimentar.

Café da manhã (166 calorias)
-1 xíc. (chá) de chá de ervas com adoçante;
-3 bolachas tipo água e sal;
-1 fatia média de queijo branco;
-1 fatia média de melão.
Lanche da manhã (50 calorias)
-2 biscoitos de leite.
Almoço (368 calorias)
- 1 prato (sobrem.) de salada de alface e pepino;
- 1 cenoura (grande) com Molho branco (3 col. sopa);
- 3 almôndegas assadas (pequenas, se feitas em casa, e médias, se compradas em supermercado);
- 1 fatia fina (25g) de goiabada.
Lanche (71 calorias)
- 2 col. (sopa) de sucrilhos sem açúcar com leite desnatado.
Jantar (248 calorias)
- 1 prato (sobrem.) de salada de acelga e beterraba;
- ½ pacote de macarrão instantâneo tipo Miojo;
- 1 bife (carne de boi magra 120g) acebolado;
- 1 fatia (média) de abacaxi.


---------------------------

Trocas simples no cardápio são o segredo para emagrecer mais rápido .

Trocas simples no cardápio são o segredo para emagrecer mais rápido

Ao começar uma dieta para redução de peso , muitas pessoas diminuem a quantidade dos alimentos. Isso acontece sem que seja feita a distinção entre o que é saudável e os alimentos que podem trazer alguns prejuízos para a saúde. Pensando nisso, a nutricionista responsável pelo MinhaVida, Roberta Stella, elaborou dicas de substituições que vão deixar a sua dieta mais eficiente, sem fazer uma restrição excessiva de alimentos.

Antes de começar, Roberta esclarece que a dieta não deve ser sinônimo de um elevado corte na quantidade e na variedade de alimentos. É possível emagrecer, fazendo 5 refeições por dia, comendo a cada 3 ou 4 horas , ela esclarece. O importante é saber escolher os tipos de alimentos e, é claro, ter moderação e estar de olho em todas as opções alimentares, escolhendo sempre as mais saudáveis.

Dica 1

No café da manhã... ... consuma pão, leite ou derivados, um embutido e uma fruta. Como o objetivo é ter uma alimentação saudável e emagrecer, é necessário tomar alguns cuidados.
substitua o pão francês ou o pão de forma branco por uma versão mais saudável. Uma boa opção é o pão integral light. Rico em fibras e com maior teor de vitaminas e minerais, ele fará com que o intestino funcione bem, além de colaborar para que você alcance a recomendação de todos os nutrientes.
substitua o leite integral pelo leite desnatado ou semi-desnatado. O leite é a melhor fonte de cálcio, nutriente responsável pela saúde dos ossos. Na versão desnatada ou semi-desnatada, há a redução na quantidade de gordura saturada e de colesterol, mas a quantidade de cálcio é preservada.
substitua os derivados do leite com maior teor de gordura pelo light. Queijo mussarela e iogurtes integrais acrescentam muitas calorias na alimentação. Opte pelo queijo light, cottage, ricota e iogurtes light com baixo teor de gorduras. Mais uma fonte de cálcio, que será como uma poupança para prevenir problemas futuros com os ossos.
substitua o embutido pela versão menos calórica. Mortadela, presunto e salame são ricos em gorduras e, por isso, comprometem a dieta. Substitua pelas versões com menos gordura como, por exemplo, o presunto sem capa de gordura ou o peito de peru.
substitua as frutas mais calóricas pelas que apresentam baixo teor de energia. Boas opções são melão, melancia, ameixa fresca e mamão papaya.

Dica 2

No almoço... ... é importante ingerir vários grupos alimentares. Não deixe, por exemplo, de ingerir carnes, pois elas são as principais fontes de proteínas e ferro, nutrientes fundamentais para que o corpo trabalhe bem, cumprindo as suas funções essenciais como, por exemplo, produzir hormônios e regenerar os tecidos.
substitua a entrada oferecida pelos restaurantes por uma bela salada. Escolha a de sua preferência e coma à vontade. As folhas apresentam baixíssima quantidade calórica devido à elevada quantidade de água. Além disso, por ser rico em fibras, o prato dará maior saciedade, evitando que cometa algum excesso. Coma devagar, para que o cérebro possa enviar o sinal de saciedade o que fará com que ingira menos alimentos e menos calorias. Cuidado com os molhos e, se possível, dispense-os.
substitua a torta de legumes e legumes gratinados pela versão cozida desses alimentos. Diariamente, eles devem estar presentes na dieta. São ricos em nutrientes e água, fazendo com que tenham um baixo valor calórico. Escolha dois tipos de legumes cozidos para fazer parte da sua refeição.
substitua as carnes gordas pelas magras. A regra é retirar todo o excesso de gordura visível, por exemplo, a capa de gordura da picanha e a pele do frango. Durante a semana, alterne o consumo de carne bovina com frango e peixe. De preferência assados ou grelhados.
substitua a massa com molhos elaborados pela massa simples com molho de tomate. Evite a lasanha, gratinados ou massa com molho branco ou quatro queijos. Alternativa saudável à massa é o brasileiríssimo arroz com feijão. Isso mesmo, a dupla é saudável e não engorda. Evidentemente, esses alimentos não devem ser consumidos em excesso ou à vontade
substitua o refrigerante pelo suco natural ou pela água. Mas, cuidado! Os líquidos devem ser consumidos em pequena quantidade, no máximo, um copo pequeno (200 mL). Quantidade elevada prejudica dilui o suco gástrico, prejudicando a digestão.
substitua o doce da sobremesa por uma fruta. Isso fará com que a quantidade de açúcar e gordura diminua, reduzindo a quantidade calórica da refeição.

Dica 3

No jantar... ... faça escolhas inteligentes como as indicadas para o almoço. Entretanto, com a correria do dia-a-dia, muitas pessoas buscam a praticidade em detrimento ao que é saudável, por isso:

substitua os congelados por alimentos frescos. Legumes podem ser armazenados limpos e prontos para o cozimento. Se quiser mais praticidade, pode armazenar os alimentos ralados que serão consumidos crus como, por exemplo, cenoura, beterraba e pepino.
substitua os sanduíches ricos em gorduras pelos naturais. Sanduíche de atum no pão integral é uma boa opção. Acrescente salada e um legume para que ele fique mais saudável. Entretanto, a opção pelo sanduíche deve ser feita esporadicamente, duas ou três vezes por semana. De preferência, faça uma refeição completa, como o almoço.
Dica 4

Nos lanches... ... opte por alimentos práticos e que podem ser levados até na bolsa. A mulher moderna sabe como se virar quando decide ter um corpo saudável e bonito.
substitua a bolacha recheada pelo biscoito integral ou barrinha de cereais. No mercado já é possível encontrar porções individuais, deixando a vida mais prática.
substitua o bombom, chocolate e doces por uma fruta. Não tem nem como defender os doces diante das frutas. Elas são mais saudáveis e menos calóricas do que os doces.
substitua o refrigerante por chá com adoçante e muita água. O corpo necessita de muita água para estar mais hidratado e para trabalhar bem.


------------------------------