------------------------

ox remédio para emagrecer

Saiba tudo sobre o Oxyelite Pro:
O termogênico dos sonhos, o Oxyelite Pro entrou no mercado para inovar totalmente a linha de termogênicos atual. Saiba tudo sobre o Oxyelite Pro e tire suas próprias conclusões a respeito do mesmo.

Além de causar uma grande queima de gorduras, o Oxyelite Pro causa um grande aumento de energia e bom humor. Já entrou no mercado há algum tempo e mesmo assim esse poderoso termogênico não perde sua popularidade. O Oxyelite Pro representa hoje se não o melhor, um dos melhores queimadores do gorduras do mercado.

O Oxyelite Pro foi desenvolvido como foco principal de queimar gorduras, possui uma formulação totalmente potente para causar um grande impacto no seu corpo e te ajudar da melhor maneira possui nessa batalha contra as gordurinhas.

Ele possui uma grande quantidade de cafeína, por isso ele disponibiliza uma grande quantidade de energia para seu usuário. Além de aumentar a saciedade e bem star, causando o bom humor. Este incrível produto faz tudo isso. Não podemos esquecer de mencionar o grande auxilio que ele dar em sua dieta, ele também atua como redutor de apetite bem poderoso.

Como tomar o Oxyelite Pro:

O Oxyelite Prodeve ser ingerido 1 cápsula pela manhã e outra de 6 horas depois. Nos primeiros 3 dias somente 1 cápsula pela manhã, o consumo não deve passar de 5 semanas consecutivas, sempre deve-se fazer um intervalo. Vale lembrar que para maiores efeitos é bom tomar de estômago vazio.

Efeitos colaterais do Oxyelite Pro:

Até hoje ainda não foi encontrado nenhum efeito colateral presente nas substâncias que têm no Oxyelite Pro. O ideal é não ultrapassar a recomendação do uso de cápsulas.

------------------------

Contra indicação do Oxyelite Pro:

Contra indicação do Oxyelite Pro:

O produto é contra indicado para qualquer pessoa que possui ou tem históricos de problemas cárdio vasculares. O Oxyelite Pro só é indicado para adultos saudáveis ou pela indicação de um nutricionista.

Para melhores efeitos o ideal é conciliar o Oxyelite pro com uma prática de atividades físicas freqüente e uma dieta com baixas calorias sendo assim um auxilio perfeito para redução de peso e perda de barriga.

Área de atuação do Oxyelite Pro:

 

Como mostra a figura o Oxyelite Pro atua nessas áreas indicadas eliminando completamente as gorduras localizadas e causando uma melhor aparência no seu corpo. Ele age de maneira rápida e eficaz nas regiões que mais se concentra as gorduras do nosso corpo.

Vale lembrar que não podemos saber ao certo todos os ingredientes usados na formulação do Oxyelite Pro nem mesmo a quantidade de cada um deles, pois atualmente todos os fabricantes de termogênicos estão escondendo sua fórmula para não dar visão a concorrentes. São chamados de Blend próprio. Porém conseguimos tirar alguns dos ingredientes principais do Oxyelite Pro.

Formulação do Oxyelite Pro (1 cápsula):

- Mistura patenteada 119.5 mg
- Bauhinia purpurea L. (folhas e Pod) (normalizado para Bauhniastatins 1-4)
- Cirsium Oligophyllum (Total Extrato de plantas inteiras)
- Rauwolscine (Rauwolfia canescens L folha e raiz)
- Cafeína 100,00 mg


-------------------------

Oxandrolona e seus efeitos

 

Oxandrolona e seus efeitos
A oxandrolona é um esteróide anabolizante que começou a ser fabricado na década de 60 e conquistou diversos usuários. Um dos principais motivos para o crescimento do uso da oxandrolona foi seus baixos efeitos colaterais.
Considerada uma substância com moderado poder andrógeno, a Oxandrolona possui um resultado anabolizante satisfatório. Por esses motivos, o público feminino aumentou bastante para o consumo dessa droga.

A substância é conhecida por diferentes nomes de acordo com o país. No Brasil, são comuns os nomes: Lipidex e Anavar. Nos Estados Unidos, o medicamento pode ser encontrado como Anavar. Em outros países, como Austrália, Japão e Itália, a Oxandrolona é encontrada como Lonavar.
Efeitos no corpo
Quanto utilizado conjuntamente com a musculação ou outro esporte de força, a oxandrolona trabalha no estrutura intracelular visando o aumento de força da pessoa.
Porém, a substância é utilizada para pacientes que necessitam de um aumento da força nos músculos. Pacientes que passam várias semanas imobilizados podem vir a se medicar com a oxandrolona para acelerar e restaurar os tecidos dos músculos do corpo.
E como isso ocorre? A substância age incrementando os depósitos de fósforo.

Efeitos colaterais da oxandrolona
Como comentado acima, o que deixou a oxandrolona famosa foram seus poucos efeitos colaterais. Lógico que se compara esses efeitos a outras drogas esteróides anabolizantes. Apesar efeitos colaterais menores, esses efeitos ainda são extremamente graves e nocivos para o corpo humano.
A seguir você confere uma lista dos principais efeitos colaterais da oxandrolona:
alteração dos níveis do colesterol humano
aumento do colesterol ruim, conhecido também como o colesterol LDL
diminuição do colesterol bom, conhecido como colesterol HDL
alterações na voz. Nas mulheres pode vir a ser mais notado, já que a voz tende a ficar mais grave
diversas alterações no corpo humano no sentido de masculinizar o corpo. Nos homens, pode ser desejado de maneira branda, porém nas mulheres, o comportamento masculinizado pode ser indesejável.
Oxandrolona para mulheres
Aguarde.


-------------------------

Descubra os prós e contras

 

Descubra os prós e contras
dos remédios para emagrecer
Tratamento deve ser realizado somente com orientação médica

Perder muitos quilos em alguns meses sem ter de virar "natureba" ou "rato de academia" são as duas grandes vantagens de aderir aos tratamentos com remédios emagrecedores. As desvantagens, no entanto, deixam uma lista mais extensa: boca seca, enjoo, euforia, insônia, irritabilidade, depressão, aumento da pressão arterial, taquicardia e até morte em caso de overdose, dependendo de cada caso.

Os emagrecedores (anfetaminas, anorexígenos e hormônios) são indicados somente para pacientes em tratamento contra a obesidade. Segundo o endocrinologista Marcio Mancini, presidente do Departamento de Obesidade da Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia, "os remédios para emagrecer devem ser encarados como um auxiliar do tratamento de pacientes com IMC (Índice de Massa Corpórea) acima de 30, considerados obesos, ou acima de 25, com a presença de algum problema de saúde associado (diabetes, hipertensão, colesterol aumentado)".

- O uso de medicação pode ser expandido quando o tratamento completo de perda de peso, com dieta e exercícios, não funciona ou quando o paciente não consegue se exercitar por causa do excesso de peso, completa.

Mas mesmo diante destes casos, só quem pode decidir pelo uso da medicação é o endocrinologista. A venda destes compostos sem receita médica é proibida pelo Conselho Federal de Medicina. Pena que na prática é diferente. A compra pela internet é feita aos montes sem qualquer fiscalização.

Tanta facilidade deixa o Brasil no topo do ranking mundial de consumo de moderadores de apetite. De acordo com o último levantamento realizado pela Comissão Internacional de Controle de Narcóticos, ligada à ONU (Organização das Nações Unidas), divulgado no ano passado, o Brasil junto com a Argentina e Estados Unidos consomem 78% dos estimulantes do planeta. Os mais comuns são as anfetaminas e compostos derivados, como anfepramona e fenproporex, grande parte comprado ilegalmente.

Além disso, há o imenso comércio de fitoterápicos no país. Vendidos em farmácia e supermercados sem necessidade de receita médica, grande parte das marcas são aprovadas pelo Ministério da Saúde, mas sua eficácia não tem comprovação científica.

Para quem tem o IMC abaixo de 25, um programa de reeducação alimentar aliado a uma rotina de exercícios físicos dissolve os quilos a mais, segundo os médicos procurados pelo R7. A automedicação é totalmente contraindicada.

Dada a necessidade do tratamento com remédios, o mesmo não deve passar dos seis meses, orienta o endocrinologista João César Castro Soares, da Unifesp (Universidade Federal de São Paulo).

- É importante que o tratamento não se exceda há seis meses com o mesmo medicamento. Tem que interromper o uso e depois voltar, senão a pessoa acostuma e perde o efeito, porque o organismo cria tolerância. Os remédios a base de anfetaminas podem causar dependência, por isso é importante variar.

Abaixo conheça os tipos mais comuns de emagrecedores e seus efeitos colaterais, indicados pelos médicos.

Moderadores de apetite
Catecolaminérgicos
São anorexígenos derivados de anfetamina, que atuam diminuindo a sensação de fome. Exemplos: Dietilpropiona ou anfepramona (Inibex, Hipofagin, Dualid, Moderine); Fenpropopex (Desobesi-M), Manzidol (Fagolipo, Absten-Plus).

Efeitos colaterais
Como atuam no sistema nervoso central, os mais frequentes são agitação, insônia, irritabilidade, aumento da frequência cardíaca e da pressão arterial. Se for sensível, mantenha um acompanhamento médico próximo. Causa ainda estímulo cardiovascular, palpitação e taquicardia. Mas, segundo Mancini, a maioria dos obesos que perde peso com as medicações, tem melhora no nível da pressão, principalmente os hipertensos.

Serotoninérgicos
Medicamentos antidepressivos que aumentam a sensação de saciedade, recaptando a serotonina (neurotransmissor responsável pela sensação de prazer). Indicados para obesos deprimidos, bulímicos e para casos de compulsão alimentar.

Exemplos: fluoxetina (Prozac), sertralina (Zoloft), bupropiona. A fluoxetina e a sertralina também podem ser úteis para atenuar sintomas da TPM. Bupropiona é indicado também para quem quer parar de fumar, ajudando o tabagista a ganhar menos peso.

Topiramato (remédio para enxaqueca, mais conhecido como Topamax) pode também controlar a compulsão alimentar.

Efeitos colaterais
Insônia, aumento da pressão arterial, obstipação intestinal (ressecamento, intestino preso), boca seca e dor de cabeça, diminuição de libido.

Serotoninérgico + Catecolaminérgico
Inibe a recaptação da serotonina e da noradrenalina, diminuindo a ingestação de alimentos e aumentando o gasto calórico. Exemplo: Sibutramina (Plenty, Reductil, Meridia e Sibutral).

Efeitos colaterais
Agitação, euforia, insônia, tremor, boca seca, estímulo cardiovascular, palpitação, taquiarcadia e aumento da pressão arterial.

Orlistate
Medicamento usado para diminuir a absorção da gordura dos alimentos pelo organismo. Atua no tubo digestivo inibindo as lipases gastrintestinais, enzimas responsáveis pela digestão e absorção das gorduras. Com isso, ao menos 30% da gordura ingerida deixa de ser absorvida e é eliminada pelas fezes. Pode ser administrado por períodos mais longos e receitado junto com outro emagrecedor. Exemplo: Xenical e Lipiblock

Efeitos colaterais
Se a pessoa não fizer dieta e continuar se alimentando mal, terá grande eliminação de gordura, ou seja, corridas para o banheiro com evacuação amolecida muito gordurosa.

Fonte: site r7

---------------------------