------------------------

comer verduras emagrece

Dieta Vegetariana Emagrecer Comendo Verduras

Mesmo fazendo uma dieta vegetariana podemos ter excesso de peso. Portanto, para perder peso comendo legumes, é importante saber quais os alimentos são necessários substituir para perder peso e manter a forma.
Dentro de uma dieta vegetariana existem alimentos que podem ajudar você a emagrecer e outros que podem lhe causar ganho de peso. Em uma dieta para emagrecer comendo legumes, você deve reduzir o consumo de farinha de trigo, especialmente sefor branca ou refinada. Também é importante prestar atenção em sementes, castanhas. Estes alimentos, podem ajudar você a perder peso e pode também provocar um aumento no peso, o ideal é ser consumidos em pequenas porções e distribuídos ao longo do dia.

Dadas estas sugestões, você pode encontrar neste guia uma ajudá para fazê-lo ter uma dieta vegetariana para emagrecer com saúde e se manter a forma.
Dia 1
Café da manhã: 1 copo de leite de soja light. 2 fatias de torrada de trigo integral com tofu. 3 fatias de abacaxi. 1 xícara de chá verde.

Meio da Manhã: 1 punhado de azeitonas verdes.
Almoço: 2 copos de água doce. Salada de lentilha. 1 xícara de salada de frutas. 1 xícara de chá de camomila.
Lanche: iogurte de soja com cereais sem açúcar. 1 xícara de chá verde.
Meio da tarde: 1 punhado de frutas secas.
Jantar: 2 copos de água doce. abóbora recheada (substitui o queijo, tofu). Rúcula, alface e cenouras. 1 fruta fresca. 1 xícara de chá de camomila.
Dia 2
Café da manhã: 1 copo de leite de amêndoa. 2 fatias de torrada de trigo integral com frutas frescas. 1 suco de toranja adoçado com adoçante natural stevia . 1 xícara de chá verde.
Meio da Manhã: 1 cenoura fresca.
Almoço: 2 copos de água doce. salada de arroz com ervilhas e cenouras cozidas. 1 fruta assada. 1 xícara de chá de camomila.
Lanche: iogurte de soja com 1 colher de semente de linhaça moída. 1 xícara de chá verde.
Meio da tarde: 1 pedaço de tofu.
Jantar: 2 copos de água doce. 2 abobrinhas recheadas com carne de soja. Salada de aspargos. 1 fruta fresca. 1 xícara de chá de camomila.
Dia 3
Café da manhã: 1 copo de leite de soja. 2 fatias de torrada de trigo integral com tofu. 1 suco de toranja adoçado com stevia natural. 1 xícara de chá verde.
Meio da Manhã: 1 barra de cereais.
Almoço: 2 copos de água doce. Espaguete à moda oriental. 1 xícara de salada de frutas. 1 xícara de camomila.
Lanche: iogurte de soja com um punhado de amendoim. 1 xícara de chá verde.
Meio da tarde: 1 fruta fresca.
Jantar: 2 copos de água doce. 2 hambúrgueres vegetarianos de erva-doce cozida. 1 fruta fresca. 1 xícara de camomila.
Como você pode ver nestes exemplos de menu é muito baixo teor de farinha, bem como a contribuição é muito rica em fibras, antioxidantes e ômega 3.
Todos os nutrientes que podem ajudar você a perder peso. O importante é você considerar a quantidade de alimento que você consome diariamente, é essencial para controlar a quantidade de calorias que você come.

------------------------

COMER SÓ SALADA AJUDA A EMAGRECER?

COMER SÓ SALADA AJUDA A EMAGRECER?

Comer só salada ajuda a emagrecer? Pensando rapidamente, a resposta é simples e bem curta: sim! Mas se você tiver mais um tempinho para refletir sobre o assunto, fique atenta as nossas dicas e veja como tudo é relativo!

Na realidade, não é recomendável que você coma só alface. Tudo bem, você vai emagrecer, mas não do jeito que a sua saúde quer. Nós precisamos saber que somente a magreza não é, e jamais, será sinônimo de uma vida leve e saudável. Se você não dispensa a saladinha light, veja se ela contém todos os nutrientes que você precisa. Caso não tenha, veja algumas sugestões que além de saudáveis, ainda são super gostosas e completas.

Uma salada básica contém poucas calorias e nem metade dos nutrientes que a gente precisa, sem contar que não sustenta por muito tempo. Para isso, há uma única solução: a criatividade. Isso mesmo, experimente novos ingredientes, tente, ouse, invente! Esqueça a saladinha sem graça e não se prenda ao número de calorias. Números são apenas números, mas sua saúde é você, seu presente e será seu futuro.

Nós daremos o primeiro pontapé na questão criatividade, mas depois é com você! Encha o prato de alface e depois incremente com rúcula. Sabe o agrião? Coloque-o também. Ele está entre as verduras mais nutritivas e menos calóricas de todas. Tomate, cenoura e pepino são indispensáveis. Um queijinho light por cima dá um sabor especial e já garante nutrientes que as verduras não possuem.

Beterraba, brócolis e pedaços de frango grelhado também são ótimas opções. Sabe as fibras? Então, não deixe de jogar por cima um pouco de granola, pois é ótimo para o funcionamento do intestino! Um pouquinho de hortelã dá o toque final.

Se você curte frutas - e é bom que curta - experimente colocar pedaços da sua fruta preferida, talvez maçã, manga, morango e, quem sabe, romã por cima da saladinha, que agora não está nada básica.

E o peixe? Omega-3 é essencial, gente! O atum e o salmão são ricos nesse nutriente. Experimente-os na salada. A soja também é ótima e todos já sabem de seus benefícios. Grãos de soja na salada ficam uma delícia!

Passe longe dos molhos. É lógico que, uma vez ou outra, eles também poderão ser inseridos na salada, mas prefira o azeite. A maior concentração de vitamina E e de compostos fenólicos do azeite de oliva extravirgem o tornam ainda mais especial para a saúde, além de funcionar como antioxidante. Esses benefícios foram comprovados por um estudo do Instituto de nutrição e de tecnologia de alimentos da Universidade de Granada, na Espanha, em 1999. Quantas opções, não? Agora o que não vai faltar é criatividade e, é claro, nutrientes! Viva a salada! Mas sempre bem completa, ok?


-------------------------

É melhor consumir verdura crua ou cozida?

 

É melhor consumir verdura crua ou cozida?

As verduras são grandes aliadas da dieta, pois têm pouquíssimas calorias e são ricas em nutrientes. Mas o que é melhor consumir: crua ou cozida? Depende. Se você tem a digestão difícil, vale a pena apostar na verdura cozida, especialmente à noite, quando o processo digestivo fica mais lento e os alimentos com fibras muito rígidas podem provocar gases, fazendo você se sentir inchada. Mas se esse não for o seu caso, tudo bem, coloque no prato as duas versões: crua e cozida.

“A quantidade de vitamina C nas verduras cruas é infinitamente maior que nas cozidas. Porém, submetidos ao calor, os fitoquímicos das folhas ficam mais biodisponíveis – ou seja, são melhor absorvidos pelo organismo”, explica Daniela Jobst, nutricionista da clínica Nutrijobst, em São Paulo, em entrevista à revista BOA FORMA. Portanto, consuma as duas opções.

Quer experimentar algumas receitinhas do MdeMulher? Se você optar pela versão crua, uma boa sugestão é preparar uma salada, como essa de folhas verdes com molho de maracujá , que é bem refrescante para o verão. Se quiser a versão cozida, uma boa pedida é essa receita de verduras ao creme de queijo. Uma delícia!

Fonte: Mdemulher


-------------------------

Beber água antes das refeições ajuda a perder peso. Mito ou realidade?

 

Beber água antes das refeições ajuda a perder peso. Mito ou realidade?

As festas de fim de ano estão chegando e, com elas, toda aquela comilança típica. Mas corre um boato de que, se você beber um copo de água antes das refeições, acaba comendo menos e emagrecendo. Mas será que isso é verdade?
A idéia é que a água enche o estômago e, por isso, reduz a fome. Um estudo recente da faculdade Virgina Tech, dos Estados Unidos, analisou 55 voluntários que tinham sobrepeso. Eles estavam em uma dieta de baixas calorias e metade do grupo devia tomar dois copos de água antes das refeições.

No fim do estudo, o grupo que bebia água havia perdido mais de 7 quilos, em média, enquanto o outro grupo perdeu 5 quilos, em média. Em 2008, outro estudo mostrou efeitos similares em pessoas que bebiam um copo de água antes de tomar café da manhã.
No entanto um terceiro estudo, de 2007, mostrou que beber água reduzia a fome apenas de pessoas com mais de 35 anos de idade. Nos mais jovens, o método tinha pouco efeito – as razões para isso ainda não foram descobertas.
Na dúvida, adotar esse método não faz mal. Pesquisas mostram que, no fim do ano, as pessoas podem ganhar até um quilo, devido às comilanças das festas. [NY Times]

---------------------------