Home Emagrecimento Emagrecer? Perder Peso Dietas Receita Dieta
------------------------

Detas infantis.

Dieta Inteligente...Ao invés de cardápios rígidos, pratique a alimentação fracionada.

Os chefes e patrões que nos desculpem, mas comer de três em três horas é fundamental. Ao contrário do que parece, permanecer longos períodos sem se alimentar ou pular refeições, não emagrece. Durante o jejum, o organismo libera um hormônio chamado cortisol, que favorece a retenção de líquidos e a produção de depósitos de gordura. Isso acontece devido à ação lenta do metabolismo.


Café da manhã
Pesquisas mostram que as pessoas que não comem de manhã tendem a ganhar mais peso do que as que fazem um desjejum à base de alimentos saudáveis e nutritivos. Comece o dia comendo muito bem, para acelerar a queima de calorias e evitar exageros nas próximas refeições.

Sugestão: fruta, leite desnatado, pão integral, iogurte, chás e sucos naturais.

Almoço
Inclua uma fonte de proteína, uma de carboidrato, lipídios, vitaminas e minerais. Dê preferência aos pratos coloridos, pois a cor indica a presença de um ou mais nutrientes.

Sugestão: arroz, feijão, salada, vegetais, legumes, carnes magras cozidas ou grelhadas.

Jantar
Evite consumir gorduras e carboidratos que causam mal-estar e má-digestão, prejudicando o sono. Não fique sem comer e opte por alimentos leves.

Sugestão: saladas, vitaminas, sopas e lanches naturais.

Lanches
Entre uma refeição e outra, adquira o hábito de consumir frutas, barras de cereais e produtos integrais. Dessa forma, além de manter o peso, você terá uma alimentação saudável e seu organismo não ficará sobrecarregado.


------------------------

Obesidade infantil.

Obesidade infantil – Conheça os malefícios e o que você pode fazer para mudar este quadro
Publicado em setembro 1, 2009 por alexmcosta
Este é um vídeo super interessante sobre um caso de obesidade infantil. Nele vocês podem conferir o caso de Maria Eduarda que com 6 anos pesava 43 quilos, 8 a mais do que o recomendado para a sua idade.

Eu gostei do vídeo pois trata o assunto de uma maneira inteligente e sem fazer dramas, porém não deixa de mostrar que a obesidade infantil é uma doença muito séria que pode causar problemas no futuro da criança.

Outro fator que me fez gostar do vídeo, foi que através de pequenas mudanças não só a criança mas toda a família conseguiu perder peso, e eu acho que isso mostra que quando temos o apoio da família a perda de peso pode ser mais fácil.


-------------------------

Obesidade pode ser determinada antes dos 5 anos.

Obesidade pode ser determinada antes dos 5 anos

Um recente estudo feito na Inglaterra determinou que a grande parte do excesso de peso adquirido por uma criança é determinado antes dela entrar para a escola. Através deste estudo uma das grandes teorias de que o culpado para a obesidade infantil era a comida servida nas escolas cai por água abaixo.

Segundo o professor Terry Wilkin, o peso dos bebês que nascem hoje em dia são similares aos de 25 anos atrás, mas ao chegarem na puberdade eles adquiriram mais gordura se comparado com as crianças da mesma idade na década de 80.

"É muito difícil de determinar a provável causa", disse Wilkin. Porém as maiores porções que são servidas hoje em dia e os alimentos mais calóricos podem ser um dos fatores.

Outro fato interessante é que 90% das meninas obesas já adquiriram o seu excesso de peso antes de entrarem para a escola, para os meninos a porcentagem fica na casa dos 70%.

Isto significa que um dos grandes culpados para a obesidade infantil é a alimentação e não a falta de exercícios, televisão ou videogames.


-------------------------

Comerciais de fast food contribuem para a obesidade infantil.

Comerciais de fast food contribuem para a obesidade infantil

Um estudo recente foi publicado no "Journal of Law & Economics" atesta que há uma ligação direta entre a obesidade infantil e comerciais de fast food.

O estudo foi feito com quase 13.000 crianças nos anos de 1979 e 1997 e abrangeu todos os Estados Unidos. Neste período foi constatado que a quantidade de crianças obesas entre 6 e 11 anos triplicou.

De acordo com a pesquisa a proibição destes comerciais nos horários infantis acarretaria em uma redução de crianças obesas de 18% na faixa de 3 a 11 anos e de 14% para os adolescentes entre 12 e 18.

Os autores da pesquisa não acreditam que proibir os comerciais de fast food seja uma tarefa fácil pois requereria um grande esforço governamental. Agora imagina se fosse no Brasil, exigir isto de nossos políticos é o mesmo que pedir honestidade em suas gestões ou seja, nunca iria acontecer.

Vale destacar que a Noruega, Suécia e Finlândia são países que proibiram comerciais em programas infantis, além do mais no Canada a CBC que é uma emissora pública também não veicula comerciais na programação infantil.

Por considerar um tópico bem interessante eu gostaria de saber a sua opinião, você acha que no Brasil a programação infantil deveria ser proibido de veicular comerciais de fast food? Deixe a sua opinião.



---------------------------